-->

Com reabertura do comércio, Teresina tem o pior isolamento dos últimos 15 dias

04 Agosto 2020

Com os centros comerciais voltando a funcionar em Teresina, é normal

que o fluxo de pessoas nas ruas aumente e os índices de isolamento social caiam. Ontem (03), por exemplo, quando os estabelecimentos de itens não essenciais voltaram a funcionar, o contingente populacional que se deslocou para o Centro da cidade foi grande e algumas vias chegaram a superlotar de gente. O resultado disso foi que Teresina registrou nesta segunda-feira (03) seu pior índice de isolamento social nas últimas duas semanas.

Leia também: Centro de Teresina lota no primeiro dia da nova fase de reabertura econômica

De acordo com os dados da start-up InLoco, a taxa de distanciamento social de Teresina no dia de ontem ficou na casa dos 39,6%. Até então, o pior índice tinha sido registrado na sexta-feira, 17 de julho, quando a Prefeitura anunciou medidas mais restritivas nos finais de semana e os teresinenses fizeram uma corrida aos supermercados para repor a despesa para o sábado e o domingo.

Desde então, os índices de isolamento nas segundas-feiras, em Teresina, tinham ficado sempre em torno dos 40 a 41% até que, no dia de ontem, ele voltou a cair. Os dados da InLoco apontam que a região da cidade que menos cumpriu o isolamento no dia de ontem foi a Leste, onde somente 38,57% dos moradores ficaram em casa. Vale lembrar que é justamente a região Leste a que conseguiu zerar a incidência de novos casos de covid-19.


Com reabertura do comércio, Teresina tem o pior isolamento dos últimos 15 dias - Foto: O Dia

Já a região que mais cumpriu o isolamento social nesta segunda-feira de reabertura do comércio foi a Centro/Norte de Teresina, onde 40,4% dos moradores ficaram em casa obedecendo as orientações de só saírem em caso de extrema necessidade. A região Sudeste ficou com uma taxa de distanciamento de 30,7% e a zona Sul com 38,72%.

Com essa queda no isolamento, Teresina, que havia ocupado por dois dias seguidos o primeiro lugar no ranking nacional de isolamento entre as capitais brasileiras, caiu para 9ª posição. Apesar disso, a Prefeitura diz que o patamar ainda está dentro do esperado para uma nova fase de reabertura da economia e que os índices ainda são superiores ao que se tinha antes da pandemia.

“Nesta segunda-feira, registramos uma queda no índice em relação aos números que vínhamos registrando em segundas anteriores, por exemplo. Os índices estão dentro do esperado e continuam bem superiores aos que registrávamos antes da pandemia e do fechamento das atividades econômicas, quando chegávamos a contabilizar uma média de 18% de isolamento na cidade”, explica o analista de sistema da PMT, Eduardo Aguiar.

Ele lembra que, mesmo com essa reabertura do comércio, as pessoas devem continuar seguindo os cuidados e orientações, evitando sair de casa e adotando as medidas necessárias para evitar a propagação da covid-19, que já tem dado sinais de desaceleração em Teresina.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree