-->

MDB acata proposta de Marcelo Castro para distribuição do Fundo Eleitoral

14 Agosto 2020

A Diretoria Executiva Nacional do MDB aprovou, por unanimidade, a proposta elaborada pelo

senador Marcelo Castro, tesoureiro do partido, acerca dos critérios fixados para a distribuição do Fundo Eleitoral de Financiamento de Campanha (FEFC) para as disputas municipais deste ano nos estados.

Dentre os critérios elaborado pelo emedebista está o tamanho da bancada federal eleita pela sigla em cada unidade nas eleições de 2018, bem como o número de senadores filiados ao partido que, na data do pleito, estavam no primeiro quadriênio de seus mandatos.

Marcelo Castro (Foto: Divulgação/Ascom)

Elogiado pelo presidente nacional da agremiação partidária, deputado Baleia Rossi, por sua articulação com diversos representantes regionais da legenda, o parlamentar piauiense recomendou transparência e equidade na divisão dos cerca de R$ 148 milhões ao qual o MDB tem direito.

“É uma grande honra ocupar uma posição de relevância como a de tesoureiro nacional do meu partido e poder ajudar nesse processo que não é simples, mas precisa da nossa contribuição para ser o mais transparente possível. Quero agradecer os elogios dos colegas e dizer que fizemos o possível para atender às exigências legais e às diversas sugestões que vieram de vários estados”, afirmou Castro.

Os critérios fixados pelo partido devem ser encaminhados para a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que dará o aval para a liberação do FEFC.

Compartilhar no
Por: Da Redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree