Imprimir esta página
-->

Campanha arrecada doações para família do Circo Acioly em Teresina

14 Agosto 2020
Compartilhar Compartilhar

A família do circo Acioly mora em Teresina há 22 anos, com a

pandemia a situação dos artistas ficou difícil. Os integrantes começaram a passar necessidade e viver através de doação de comida, já que não podem trabalhar e não há previsão para retorno.

Antes da pandemia, os artistas circenses podiam alegrar adolescentes e crianças nas escolas, e trabalhar a noite com a bilheteria. Mas agora, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, a família Acioly não pode mais reunir o público na plateia para admirar uma das artes mais antiga do mundo.

“Eu nasci e me criei em circo, minha família é toda de circo. Filhos, meu pai, minha mãe, inclusive, minha mãe tem 92 anos, mora com a gente. Nós fundamos o circo dia 03 de junho de 1969. Nós trabalhávamos nos circos em Minas Gerais, e quando o circo estava voltando pra Bahia e a gente não quis retornar. E fizemos um circo, rodamos por muito tempo em vários estados”, explica Aurenildo Acioly Assunção, o palhaço Cascatinha.

A equipe do Portal ODia.com conversou com o Aurenildo, que muito emocionado, relatou que situação do circo já vinha ruim por causa do inverno severo. Mas com a pandemia, a situação ficou pior, pois estavam 26 pessoas no circo, entre familiares e amigos que trabalham no local.

Alguns artistas voltaram para suas cidades, mas a família Acioly continua no bairro Nova Teresina, na zona norte da capital. “No começo o pessoal doava cestas e depois pararam de doar e piorou a situação. E foi quando apareceu o Mateus que começou a fazer campanha. E reviveu a gente. De uns 10 dias pra cá a gente melhorou. Mas a gente divide com os outros circos próximos”, diz Aurenildo Acioly.

Campanha arrecada doações para o circo Acioly. Foto: Reprodução/ Instagram

Campanha

O empresário Mateus Cabral, conheceu a família do Circo Acioly há algumas semanas, e vem realizando campanhas para ajudá-los. Ao todo, já conseguiu arrecadar cestas básicas, fazer um dia dos pais diferente, e realiza visitas aos artistas, quando pode.

“Eu passei na frente do local e fiquei imaginando como esse povo estava sobrevivendo, passou dois dias e fui lá. Quando cheguei a situação estava difícil, eles não tinham o que comer. E depois que comecei a ajudar eles, vi que podemos viver com tão pouco, porque eles são muito felizes, vivem sorrindo e não tem tristeza”, fala Mateus Cabral.

Para fazer qualquer doação a família Acioly é só entrar em contato com o Aurenildo pelo telefone (86) 9 9525-3274.

“Se quiser doar, pode ser o que for, nós estamos de braço aberto para receber. Até porque não sabemos quando voltamos a trabalhar. Acho que só vai melhorar em fevereiro. Essa é uma vida muito difícil, mas nós já nascemos com a arte da cultura circense”, finaliza Aurenildo Acioly.

Humorista Tirullipa divulga campanha

A campanha organizada pelo empresário Mateus Cabral chegou até o humorista cearense Tirullipa, que divulgou um vídeo em suas redes sociais pedindo ajuda para família do Circo Acioly. Tirullipa estava em Teresina gravando uma publicidade para uma empresa local, quando lhe pediram apoio para a família.

Compartilhar no
Por: Sandy Swamy

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree