Quarta, 23 Setembro 2020 12:38

Covid-19 em Teresina: Hospital de Campanha comemora alta de 500 pacientes

Os 500 pacientes diagnosticados com Covid-19, que foram atendidos no Hospital de Campanha

Padre Pedro Balzi, e receberam alta médica, foram homenageados na manhã desta quarta-feira (23), durante uma solenidade realizada na área externa da unidade. O hospital fica instalado na quadra de Badminton da Universidade Federal do Piauí (UFPI), zona Leste de Teresina.

Gina Nogueira, diretora geral do Hospital de Campanha, destacou que, ao longo desses meses, centenas de pacientes foram atendidos no hospital, destinado a receber casos de Covid-19. Desde então, ações estratégicas foram pensadas para melhorar a qualidade de vida desses pacientes, através de passeios terapêuticos; a visita de familiares, mas mantendo o distanciamento adequado; a cortina do abraço; apoio dos profissionais, entre outros.

(Fotos: Assis Fernandes/ODIA)

“Essa é uma doença nova, quase desconhecida, mas fomos vendo ao longo do tempo o que fazer por esses pacientes, em como melhorar a ansiedade, o isolamento, e fomos criando estratégias, melhorando a qualidade de sono. Para nós é uma vitória ver que 500 pessoas foram para suas casas, salvas. Pessoas que chegaram em momentos no qual achávamos que não iriam suportar, mas que conseguiram vencer isso”, disse.

O Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi tem capacidade para atender até 86 pacientes, simultaneamente, e já chegou a receber 78 pacientes com Covid-19. Atualmente, 30 leitos estão ocupados com pacientes diagnosticados com a doença. Mesmo com a queda de casos decoronavírus sendo registrados diariamente em Teresina, o protocolo de atendimento deve se manter.

“Vamos continuar mantendo a qualidade desse tratamento, e, mesmo com a redução dos casos, nos mantemos alertas aos pacientes que chegam, elaborando ações para diminuir a ansiedade, bem como continuar com todo o tratamento que nos adequamos até agora”, enfatiza Gina Nogueira, diretora geral do Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, destacou o papel importante do Hospital em meio à pandemia e nos cuidados com os pacientes diagnosticados com Covid-19. Ele ressaltou que a doença teve um grande crescimento nos meses de abril e maio, com pico no mês de junho, com queda nos meses de julho, agosto e setembro. Entretanto, o gestor enfatizou que ainda é preciso seguir as recomendações para evita a disseminação da doença.

“A doença ainda não desapareceu. Ela continua a existir e a nossa rede hospital deve permanecer preparada para receber, não apenas os casos que estão acontecendo, mas também qualquer eventualidade de novo pico que possa acontecer ao longo desse caminho. Precisamos continuar atentos”, frisa.

Leia também: Covid-19 em Teresina: óbitos caem quase 40% em duas semanas

Por se tratar de um hospital temporário, a permanência de sua instalação irá depender do surgimento ou não de novos casos da doença. Entretanto, Firmino Filho acrescentou que a continuação do hospital será reavaliada ao longo dos dias. Sobre os leitos de enfermaria, o prefeito comentou que há vagas disponíveis acima da capacidade, que é de 40%. “Se continuar com essa margem, buscaremos novas alternativas, até com o próprio fechamento do hospital de campanha”, pontuou.

“Já no Hospital João Claudino, destinado apenas a UTIs, a margem de leitos livres não é tão grande, próximo de 67% de ocupação, bem próximo do limite mínimo, que é de 70%. Essa reconversão de leitos normal e que foram transformados em Covid é necessária, até porque as várias outras doenças estão batendo nas portas dos outros hospitais”, acrescentou Firmino Filho, prefeito de Teresina.

Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi

Sediado na quadra de Badminton da UFPI, o Hospital é uma estrutura temporária com capacidade para atender simultaneamente 86 pacientes. Os leitos são regulados e disponibilizadas, exclusivamente, para usuários vindos de outros hospitais e UPAS de Teresina, em ambulâncias do SAMU, e que se enquadrem em casos de baixa e média complexidades da Covid-19. Se houver necessidade, eles são transferidos para outros hospitais de alta complexidade.

O Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi é administrado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde e já registrou a internação de 682 pacientes com Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus. Desse total, 500 ficaram recuperados da doença após tratamento e 21 permanecem internados no local. Houve ainda 127 pessoas que foram transferidas para outros estabelecimentos de saúde.

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes, com informações de Lalesca Setúbal

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Ler 41 vezes

Atendimento ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Suporte ao Cliente:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Depto financeiro:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicidade & Propaganda: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Notícias

Vídeos

Guia Comercial

Nossa Empresa

Please publish modules in offcanvas position.