-->

Mulher vence na Justiça processo para conseguir implantar embriões de marido que morreu

04 Janeiro 2020

Após o processo de fertilização, Samille Simões pode engravidar de até três bebês. Mulher que lutava para implantar embriões do marido que morreu consegue direito na Justiça Depois de
oito anos, a empresária Samille Simões, de Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro, conseguiu o direito na Justiça para realizar o sonho de ter filhos do marido, que morreu há nove anos. Ela vai implantar embriões que estão congelados em uma clínica de fertilização. O esposo de Samille foi diagnosticado com tumor no cérebro e morreu em 2010. O problema é que a parte do contrato em que ele poderia manifestar a vontade em caso de morte, foi deixada em branco. A clínica, que fica em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, só implantaria os embriões em Samille com autorização oficial. Por isso, ela decidiu recorrer na justiça para realizar o desejo. Samille perdeu o esposo, diagnosticado com tumor no cérebro, em 2010 Reprodução/TV Rio Sul O ano de 2020 começa diferente do último para a família. No dia 11 de dezembro de 2019, Samille recebeu a notícia de que teria o direito de implantar os embriões. "2019 foi um ano de muita angustia, de muita espera mesmo. Graças a Deus em 2020 é só esperar o procedimento vir, para que nosso bebês venham. A gente não vê a hora da barriga crescer [...] Já estamos começando a fazer os enxovais , porque pode ser um, dois ou três [bebês]. É muito gostoso. Nós estamos nas nuvens. Eu já me sinto grávida", disse Samille. Família está a espera de até três bebês Reprodução/TV Rio Sul Pietro Simões, de 8 anos, filho do casal, está na expectativa em ter mais de um irmão ou irmã. "Eu quero que venha um menino, um menina. Podem ser três meninas ou meninos...", contou o futuro irmão mais velho. Samille ganhou de presente a oportunidade de ser mãe novamente. "Passar o natal e a virada do ano com essa notícia, com certeza, tem um gostinho diferente. Foi especial", contou. No dia 23 de dezembro 2019, ela e o filho Pietro realizaram um ensaio fotográfico, onde "pontinhos de luz" remetiam aos embriões. "Ano que vem queremos refazer [as fotos] com os nossos bebês, com os nossos pontinhos de luz no colo", finalizou Samille. Samille e Pietro realizam ensaio fotográfico, onde "pontinhos de luz" remetem aos embriões Reprodução/TV Rio Sul

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 8502 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree