-->

Barreiras sanitárias começam a funcionar nos acessos a Cabo Frio

09 Abril 2020

Na noite desta quinta-feira (9) motoristas enfrentam filas para entrar na cidade. Eles precisam comprovar que trabalham ou moram no município da Região dos Lagos do Rio. Motoristas enfrentam
fila para passar pelas barreiras sanitárias instaladas em Cabo Frio na noite desta quinta-feira (9) Luiz Souto/Inter TV A cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, agora passa a contar com barreiras sanitárias nas entradas da cidade como medida de combate ao avanço do novo coronavírus no município, que já contabiliza quatro casos confirmados de Covid-19 e investiga outros 53. Os casos confirmados já constam na lista do Governo do Estado. Agentes da Prefeitura verificam documentação que comprovem moradia ou trabalho laboral em Cabo Frio Prefeitura de Cabo Frio/Divulgação As barreiras vão funcionar 24h por dia, segundo a Prefeitura, e estão instaladas em três pontos da cidade: na Avenida América Central, na ponte sobre o canal Palmer, na RJ-140. Outra na Av. Wilson Mendes. E outra na altura de Tamoios, segundo distrito de Cabo Frio. Motoristas que tentaram entrar no munício durante a noite enfrentaram filas para passar pelo bloqueio. "A gente está tentando minimizar que as pessoas venham contaminadas para cá e alastrem [o vírus] em nosso município. Então, eu aconselho que, quem mora em Cabo Frio e a placa não é de Cabo Frio, ou quem vem trabalhar em Cabo Frio, traga um comprovante para poder ter a passagem livre, senão terá que retornar ao seu município de origem", explicou o secretário de Segurança Pública, Jorge Marge. Fila de carros na Avenida América Central, na RJ-140, onde há barreira sanitária, no acesso a Cabo Frio Sérgio Mansano/Inter TV RJ A Prefeitura informou que podem ser apresentados documentos como comprovante de residência, crachá, contracheque ou carteira de trabalho. A organização das barreiras, instaladas após o município decretar estado de calamidade pública, é de responsabilidade das secretarias de Ordem Pública, de Mobilidade Urbana e de Segurança. Segundo o município, os bloqueios vão ocorrer por prazo indeterminado. Veja como estão distribuídos os casos confirmados de Covid-19 pelo interior do Rio. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree