-->

Protetores recebem doação de 1 tonelada de ração para alimentar animais abandonados em Petrópolis, no RJ

28 Mai 2020

União de empresas do setor pet já beneficiou cerca de 200 cães e gatos. Durante a pandemia, o abandono de animais aumentou e os bichos que vivem nas ruas
também deixaram de receber ração devido a redução de pessoas nas ruas. Empresas unem forças e doam 1 tonelada de ração a protetores de animais em Petrópolis, no RJ Divulgação Os animais carentes que foram abandonados nas ruas e os que estão acautelados por protetores em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, estão recebendo uma ajuda especial durante o período de pandemia do novo coronavírus. Algumas empresas do setor pet se uniram e doaram uma tonelada de ração para protetores de animais na cidade. Com as lojas fechadas e a redução de pessoas circulando nas ruas, os animais abandonados passaram a receber menos ou quase nenhuma comida ou ração que eram dadas por lojistas e pelas pessoas que passavam pelas ruas. A crise causada pela pandemia também afetou os protetores que cuidam de animais resgatados e também dos que ainda vivem nas ruas. Além disso, os casos de abandono também aumentaram durante a pandemia. Para tentar amenizar a situação, seis empresas do setor pet na cidade se uniram para diminuir a fome de vários bichinhos. Cerca de 200 cães e gatos que recebem os cuidados de sete protetores já foram beneficiados. Empresas do setor pet doam 1 tonelada de ração para protetores de animais em Petrópolis, no RJ Divulgação Apesar da ação de uma grande quantidade de ração, protetores alertam sobre a importância de não se esquecer de ser solidário também com os animais neste período, já que as rações não duram muito. “Eu recebi cerca de quatro fardos de ração e mais vários saquinhos de um ou dois quilos. Ao todo foram mais de 90 quilos que eu dividi com minha amiga protetora. Eu cuido de 22 animais e ela de 50 cães que consumiram a ração em 3 dias”, disse Aline Gallo, que é protetora na Posse. Animais abandonados e acautelados por protetores recebem ajuda especial durante a pandemia em Petrópolis, no RJ Divulgação A doação foi feita pelo Pet Shop da Clínica Veterinária Amigo Bicho, Auqmia Pet Store, Affinity, Gran Plus, Guabi Natural e LF Neto. De acordo com a empresária Mariana Davies, a ideia surgiu naturalmente. “Nós sempre pensamos em como podemos ajudar, já que temos a prática de responsabilidade social o ano inteiro em nossas lojas. Mas para conseguirmos a doação de uma tonelada de ração de uma só vez, foi preciso muita conversa e determinação”, disse a empresária acrescentando que há outras ideias de ações a caminho. A protetora Aline trabalha como depiladora e, assim como muitos profissionais da área, está sem trabalhar por não estar na lista de trabalhadores de atividades consideradas essenciais para atender na quarentena. “Nossa! Como essa doação foi importante neste momento de crise, em que quase não estamos trabalhando. Ações assim tiram do sufoco os animais que comem todos os dias, a gente trabalhando ou não”, contou Aline. Animais abandonados e acautelados por protetores em Petrópolis recebem doação de 1 tonelada de ração Divulgação A protetora Virginia Pereira, que atua no bairro São Sebastião, e é integrante do Projeto Somos Todos Protetores, reforçou a necessidade da solidariedade com os bichinhos. “Esse tipo de ação transforma quem doa em um protetor de animais. Além de alimentar os animais e facilitar a vida do protetor, conscientiza de que todas as pessoas podem ser protetoras de alguma forma”, disse Virgínia. Quem quiser fazer doações para ajudar os protetores podem entrar em contato pelas redes sociais do projeto Somos Todos Protetores. Veja outras notícias da região no G1 Região Serrana.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree