-->

Após fortes chuvas, ruas continuam com lama e aulas da rede pública de Barra Mansa são retomadas nesta quarta-feira

22 Mai 2019

Alunos das escolas Argemiro de Paula Coutinho, no bairro São Luis, e Doutor Djair Machado Gomes, na Bocaininha, poderão voltar a rotina Ruas do bairro Nova Esperança ainda estão
cobertas de lama TV Rio Sul/Giovani Rossini Após as fortes chuvas que atingiram Barra Mansa no último fim de semana, ruas ainda continuam com lama e aulas da rede pública foram retomadas nesta quarta-feira (22). Os alunos das escolas Argemiro de Paula Coutinho, no bairro São Luis, e Doutor Djair Machado Gomes, na Bocaininha, poderão voltar a rotina. As ruas do bairro Nova Esperança ainda estão cobertas de lama. Equipamentos e maquinários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, o Saae, e da Secretaria de Manutenção Urbana, quase 50 funcionários trabalham com caminhões e máquinas para remover terra, lama e entulhos. No bairro Bocaininha, a ponte sobre o Rio Bocaina deve ser liberada em meia pista nesta quarta. Segundo a Defesa Civil, a estrutura não foi afetada e apenas a cabeceira vai precisar de reparos. Ao todo 15 casas foram interditadas. Segundo um levantamento da Defesa Civil divulgado na terça-feira (22), aproximadamente 1,1 mil pessoas continuam desalojadas. Distribuição de cloro A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde Ambiental, está distribuindo cloro nas seguintes comunidades: São Luis, parte da Boa Sorte, Colônia Santo Antônio, Bocaininha, Santa Maria 2 e Siderlândia. Distribuição de alimentos e água A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do município, acompanhada de técnicos da Pasta do Governo do Estado, está atuando nos bairros Nova Esperança, Siderlândia e Vila Natal. As equipes estão distribuindo alimentos e água nos pontos elencados para atendimento às vítimas das chuvas com almoço e jantar, como, por exemplo, as igrejas. Também estão sendo distribuídos materiais de limpeza. Pontos de coleta de doações Foram montados pontos de coleta de doações no CESP, próximo à Matriz de São Sebastião, no Centro, e nas igrejas dos bairros Vila Maria e Siderlândia. As maiores necessidades neste momento são colchões, materiais de limpeza, lençóis e cobertores. Confira abaixo todos os pontos de coleta: OAB de Barra Mansa - Rua Cristóvão Leal, nº 65, Centro Ponto de doação próximo ao Colégio Clécio Penedo - Rua Antônio da Silva Reis, nº 100 ou entrar em contato através do telefone (24) 99928-3640. Centro Estratégico de Segurança Pública - ao lado da Igreja Matriz, na Avenida Joaquim Leite, Centro Colégio Verbo Divino - Rua Prefeito Mario Pinto dos Reis, nº188, Centro ou entrar em contato através do telefone (24) 3325-7150 Governador sobrevoou áreas atingida O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, sobrevoou de helicóptero no domingo (19) as áreas atingidas pelas enchentes. Witzel foi recebido no Parque da Cidade pelo prefeito Rodrigo Drable e pelo secretário da Defesa Civil. O coronel do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey, também participou da ação. Após o sobrevoo, Witzel anunciou um novo projeto que vai atender as famílias que ficaram desalojadas, segundo dados da prefeitura. “Nós estamos dando início a um programa de habitação para baixa renda, que é o programa 'Casa Nova' que prevê a possibilidade de construir anualmente 20 mil novas unidades. Nós vamos trabalhar para ter um terreno aqui onde o prefeito já me ofereceu e implementar esse programa para retirar aquelas famílias daquelas áreas’’, explicou. Witzel instalou um gabinete de crise e colocou toda a estrutura da administração estadual à disposição dos prefeitos dos municípios que decretaram calamidade e/ou estão em estágio de atenção. Vacinação Todos os postos de saúde estão atualizando a vacinação antitetânica e orientando as pessoas que tiveram contato com as águas das chuvas sobre a leptospirose, doença provocada pela urina de rato. Trânsito e transporte Devido ao problema na Rua José Henrique Batista, no Jardim Primavera, os usuários do transporte público dos bairros Nova Esperança e Jardim Primavera estão atendidos pela linha Nova Esperança via Ano Bom. Coleta de lixo A coleta de lixo está normal, mesmo nas áreas atingidas. Nível dos rios Os níveis dos Rios Barra Mansa, Paraíba do Sul, Bocaina e Bananal, de acordo com a Defesa Civil, já estão próximo do normal. Onze pessoas resgatadas de helicóptero "Estávamos apavorados, desesperados", lamentou Elisângela dos Santos Inácio, de 41 anos, vítima resgatada de enchente por helicóptero no domingo em Barra Mansa. Ela morava no fundo do terreno alagado e estava tranquila em casa com a família antes de tomar o susto. Elisângela contou que a família não tem para onde ir e que passaram a noite de domingo (19) na casa da sogra. Voluntários estão ajudando os familiares com lanches e almoço. Agora a família aguarda ajuda das autoridades. Chuva também causou transtornos em abril Na noite do dia 7 de abril, há pouco mais de um mês, um temporal que atingiu Barra Mansa também causou transtornos. Ruas e casas foram alagadas, barrancos deslizaram e moradores ficaram nas ruas aguardando o nível da água baixar. Deslizamentos de terra na Via Sérgio Braga, próximo à entrada do bairro Vila Elmira, em Barra Mansa, fecharam a principal ligação com Volta Redonda.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree