-->

Rodovias federais do RN registram mais de 1,4 mil acidentes e 90 mortes em 2019

03 Fevereiro 2020

Dados foram divulgados em levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT). BR-304 foi a que mais registrou acidentes fatais em 2019 no RN CMB As rodovias federais que
cortam o Rio Grande do Norte registraram 1.437 acidentes ao longo de 2019, de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Transporte (CNT). Ao todo, houve 1.211 vítimas, entre mortos e feridos. Os números são maiores que os registrados em 2018. O custo anual estimado para o estado, com os casos, chegou a R$ 207,50 milhões. As vítimas fatais foram 90 - dado menor que em 2018, quando o estudo contabilizou 118 óbitos nessas estradas. A maior parte das vidas perdidas são de homens, representando 88% dos casos. Já o tipo de veículo mais envolvido em acidentes com vítimas em 2019 foram as motocicletas (41,9% do total), seguidas dos automóveis (40,2%) e dos caminhões (7,6%). Ainda de acordo com a CNT, o tipo mais frequente de acidente com vítimas foi a colisão. O estado totalizou 813 batidas, que representam 67% do total de acidentes, e responsáveis por 61 mortes. O segundo maior tipo de acidente foi o atropelamento (145 casos), que representou 12% do total, sendo responsável por 19 mortes. A BR-101 foi a rodovia federal com o maior número de acidentes, contabilizados 484 acidentes com vítimas, mas ficou em terceiro lugar quando o quesito são as mortes (13 óbitos). A BR-304 foi a rodovia que mais matou, com 24 vidas perdidas.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree