-->

UFRN prevê produção de 11 mil litros de álcool por mês para abastecer hospitais durante pandemia do coronavírus

23 Março 2020

Previsão é de que a produção comece ainda nesta semana, segundo o Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos. Produto será entregue à Secretaria de Saúde. Nuplan fará produção
de álcool para hospitais e unidades de saúde do RN Cícero Oliveira/UFRN/Divulgação O Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (Nuplam) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) espera começar, nesta semana, a produção mensal de 11 mil litros de álcool 70%, em uma ação de parceria com o governo do estado, durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O produto deverá ser entregue à Secretaria de Saúde para distribuição aos hospitais e unidades de saúde do estado. Inicialmente, por falta de matéria prima, a produção deverá se concentrar em álcool líquido. Porém a instituição também está tentando importar o polímero necessário para produção de gel. Os cerca de 130 servidores da unidade deverão atuar no trabalho de diluição e manipulação do álcool, eficaz na desinfecção das mãos e objetos. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Acompanhe as notícias sobre coronavírus no RN em tempo real Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN De acordo com a vice-diretora do Nuplan, a professora Lourena Mafra, do Departamento de Farmácia, os insumos necessários, como álcool, embalagem e rótulos, estão sendo adquiridos através de doação ou por meio de compra direta partilhada entre a UFRN e o Governo do Estado. "Estamos nos concentrando em um grande esforço para começar o quanto antes. Já temos álcool, mas também precisamos de outros insumos. Recebemos doações de frascos e agora estamos tentando o transporte deles. Também já solicitamos autorização da Anvisa para realizar os procedimentos", apontou. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree