-->

Restaurantes populares do RN servem refeições gratuitas para moradores de rua durante pandemia de coronavírus

27 Março 2020

Refeições são 'vendidas' a R$ 1 para o público em geral. Por causa da Covid-19, alimentos vêm sendo distribuídos em quentinhas. Restaurantes populares estão servindo refeições em questinhas
durante pandemia do coronavírus no RN Sethas/Divulgação Os Restaurantes Populares do Rio Grande do Norte mantiveram em R$ 1, o o valor simbólico por refeição (almoço, Café Cidadão e Sopa Cidadã), durante a pandemia do novo coronavírus - o Covid-19. Para a população em situação de rua, poré, o governo do estado determinou às empresas prestadoras do serviço que as refeições sejam gratuitas. Para evitar a contaminação a comida está sendo entregue em quentinhas. De acodo com a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), as empresas vão cadastrar as pessoas. Uma ficha e um mapa diário será repassado à Sethas. O Programa atende, principalmente, a população em situação de vulnerabilidade. São 56 restaurantes populares que servem 42 mil refeições diárias entre almoços, café da manhã (44 unidades) e janta (sopa, em 13 unidades). MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Acompanhe as notícias sobre coronavírus no RN em tempo real Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Sethas determinou às empresas que prestam o serviço a servirem as refeições em quentinhas. Agora, as refeições são preparadas e colocadas nas quentinhas trinta minutos antes de serem vendidas ao público-alvo. Além das embalagens descartáveis para as refeições, os restaurantes também fornecem copos e talhares descartáveis. Segundo o governo, as medidas estão de acordo com os protocolos de prevenção à contaminação estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Decretos estaduais, para garantir mais segurança para usuários e, também, operadores que trabalham nos restaurantes. As empresas foram notificadas e já estão cumprindo as normas que estabelecem reorganização na venda para evitar aglomeração e, também, distância mínima de 1,5 metros entre as pessoas nas filas para a compra de alimentos. Em todas as unidades ficou estabelecido que álcool em gel, água corrente e sabão estão disponíveis para funcionários e consumidores. Também ficou assegurado que as empresas forneçam equipamentos de proteção individual (EPI) higienização pessoal de todos os colaboradores das empresas e das bancadas e demais superfícies com contato. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree