-->

Carreata pede fim de isolamento social durante pandemia do coronavírus em Natal

28 Março 2020

Ato teve concentração na Praça de Mirassol e seguiu por avenidas da cidade. Governo considera manifestação 'irresponsável' e diz que participação em ato pode causar prisão e multa. Carreata
pede fim de isolamento social pela pandemia de coronavírus em Natal Ayrton Freire/Inter TV Cabugi Uma carreata realizada na manhã deste sábado (28) em Natal pediu o fim do isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus - o Covid-19 e a reabertura do comércio na capital potiguar. Os manifestantes se concentraram na Praça de Mirassol, na Zona Sul da cidade, passaram por vias importantes da cidade e encerraram o ato no centro administrativo do estado. Em nota, o governo do estado afirmou que o cumprimento do decreto estadual que define medidas restritivas temporárias é obrigatório e considerou as manifestações como "irresponsáveis". "Diante do perigo iminente à saúde das pessoas, temos a destacar que o Governo do Estado do Rio Grande do Norte fará cumprir, em parceria com as forças municipais e demais órgãos, as determinações em vigor. Neste contexto, alertamos que a participação em carreatas e similares em desobediência às normas de enfrentamento da COVID-19 constitui ofensa ao disposto no art. 268 do Código Penal, que sanciona com multa e detenção aqueles que infringirem determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou a propagação de doença contagiosa. A multa diária prevista pode ser de até R$ 50 mil", informou. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Acompanhe as notícias sobre coronavírus no RN em tempo real Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN Manifestantes contra quarentena durante ato na Praça de Mirassol, na Zona Sul de Natal Ayrton Freire/Inter TV cabugi O ato percorreu a avenida Senador Salgado Filho, a avenida Prudente de Morais e outras vias da capital, encerrando no centro administrativo do estado. A manifestação pedia a suspensão da quarentena imposta a alguns comércios, através de decreto estadual, por causa do coronavírus. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree