-->

UFRN convida profissionais da saúde voluntários para tirar dúvidas da população sobre coronavírus por teleatendimento

03 Abril 2020

Instituto Metrópole Digital (IMD) e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) firmaram parceria para iniciar serviço. Instituto Metrópole Digital (IMD) e o Laboratório de Inovação Tecnológica em
Saúde (Lais) firmaram parceria para iniciar serviço José Júnior/IMD O Instituto Metrópole Digital (IMD) e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), ambos da UFRN, firmaram parceria para iniciar teleatendimentos para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 no Rio Grande do Norte. A ideia é contar com profissionais da saúde voluntários para o serviço, que será gratuito. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Acompanhe as notícias sobre coronavírus no RN em tempo real Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN A plataforma que será usada para os atendimentos é a do projeto Telessaúde, do Lais. O IMD, por sua vez, criou o suporte de cadastro para os voluntários, que está disponível online. Para participar, o profissional da área da saúde precisa se cadastrar no sistema, informando os horários disponíveis para teleatendimento. Essa disponibilidade pode ser de, no mínimo, 1h em uma semana, não há necessidade de horários fixos e prolongados. "Acreditemos que vamos suprir a demanda do estado com a colaboração de inúmeros profissionais", afirmou a professora Anna Giselle Ribeiro, uma das idealizadoras do site de cadastro. Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree