-->

Em protesto contra a reforma da Previdência, policiais civis fecham delegacias em Natal e Mossoró

25 Junho 2019

Paralisação acontece nesta terça-feira (25). Na capital potiguar, apenas as duas delegacias de plantão estão atendendo casos de flagrante. Em Mossoró, na região Oeste do estado, algumas delegacias
também estão com o atendimento parado Sinpol-RN Delegacias da Polícia Civil de Natal foram fechadas na manhã desta terça-feira (25) em Natal. Trata-se de uma paralisação de 24 horas em protesto contra a reforma da Previdência. Em Mossoró, na região Oeste do estado, algumas delegacias também estão com o atendimento parado. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), na capital potiguar apenas as duas delegacias de plantão estão funcionando para o atendimento de flagrantes. Já a assessoria de comunicação da Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol), disse que nem todas as DPs fecharam, mas não soube confirmar quais estão abertas. Natal possui 15 delegacias distritais. "Assim como policiais federais, rodoviários federais e guardas municipais, os policiais civis lutam para terem as peculiaridades da profissão levadas em conta dentro do projeto da reforma da Previdência. Com a proposta atual, essas categorias terão perdas de direitos e retrocessos, como perda da aposentadoria especial", afirma o Sinpol. O Sinpol acrescenta que a paralisação desta terça é feita em conjunto com policiais civis de todo o país, sendo promovida pela Cobrapol e pela União dos Policiais do Brasil (UPB). No último dia 14, os policiais civis do RN já havia parado em protesto contra a reforma da Previdência.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree