-->

Um em cada cinco natalenses afirma dirigir usando o celular, diz Ministério da Saúde

25 Junho 2019

Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) registrou uma média mensal de 568 infrações de trânsito por uso do aparelho ao volante em 2018. Um em cada cinco
brasileiros afirma dirigir usando o celular em Natal, diz Ministério da SaúdeReprodução/TV Bahia Uma a cada cinco pessoas em Natal admite que usa o celular enquanto dirige. Os dados são do Ministério da Saúde e foram divulgados nesta segunda-feira (24). Segundo o MS, 19,30% dos motoristas questionados confirmaram que reproduziram a prática no trânsito pelo menos uma vez nos 30 dias anteriores à pesquisa. A divulgação do dado é do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), e o levantamento é de 2018. Os números de Natal acompanham a média nacional, que teve taxa de 19,5%. O celular está entre as principais distrações ao volante, fazendo com que os motoristas avancem até 42 metros às cegas. Conforme pesquisa realizada pelo Instituto de Trânsito dos Estados Unidos, o condutor gasta entre 2 e 2,5 segundos em ações como ler ou escrever mensagens de texto ou digitar números de telefone. Em janeiro, o G1 mostrou em reportagem que a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) registrou uma média mensal de 568 infrações de trânsito por uso do celular ao volante em 2018. Em todo o ano passado, foram 6.823 casos. O inspetor Carlos Eugênio, responsável pela fiscalização na capital potiguar, explicou à época que infrações por uso de celular ao volante se dividem em três categorias: quando o condutor está segurando e olhando para o aparelho, quando manuseia e quando está falando ao telefone. Infrações por uso de celular ao telefone 2018 “Muitas vezes quando eles estão parados no semáforo. As pessoas pensam que, por estarem com o veículo parado no sinal, não é infração. Mas é, pois o carro está em trânsito. Quando o motorista levanta a cabeça, após olhar, ou manusear o telefone, já se depara com outro cenário, diferente do que viu antes”, esclareceu Carlos Eugênio em entrevista ao G1 no mês de janeiro passado. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) indica como infração gravíssima dirigir utilizando apenas uma das mãos, em casos nos quais o condutor está segurando ou manuseando um telefone celular. O flagrante acarreta perda de sete pontos na carteira e a aplicação de multa no valor de R$ 293,47. Alta velocidade O Vigitel também pesquisou a quantidade de condutores que afirmam que dirigem em alta velocidade. O levantamento mostra que 11,34% da população entrevistada em Natal afirmou já ter recebido multas de trânsito por excesso de velocidade. Beber e dirigir A pesquisa do Ministério da Saúde também questionou as pessoas quanto à ingestão de bebidas alcoólicas antes de dirigir. Para esta parte do levantamento, Natal obteve um resultado melhor: é a 5ª capital brasileira com o menor percentual, ficando atrás de Recife, Rio de Janeiro, Vitória e Salvador, respectivamente. De acordo com o que mostram os dados, 4,2% pessoas entre as entrevistadas na capital potiguar confirmaram a prática. Em números gerais do país, a proporção de adultos que informaram que conduziram veículos após consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica foi de 5,3%, sendo maior entre homens (9,3%) do que mulheres (2%). A associação entre consumo de álcool e direção ocorreu principalmente em indivíduos de maior escolaridade (8,6%) e com idade entre 25 e 34 anos (7,9%). Vigitel O Vigitel é uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde desde 2006. Segundo o MS, ela monitora diversos fatores de risco e proteção relacionados à saúde, incluindo a temática de trânsito, em todas as capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. Na edição de 2018, foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas em todas as capitais, maiores de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree