-->

Feriadão de Proclamação da República termina com 11 mortos em estradas do RS, diz Detran

18 Novembro 2019

Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) registraram 10.192 autuações diversas. Em 222 acidentes nos quatro dias, 183 pessoas ficaram feridas. Homem de 30 anos,
que estava no carro, morreu em acidente em Venâncio AiresCRBM/Divulgação O feriadão de Proclamação da República terminou com 11 mortes em estradas gaúchas, segundo balanço divulgado na tarde desta segunda-feira (18) pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O número é 56% menor do que no ano passado, quando 25 mortes foram registradas. O Detran contabilizou os dados colhidos da 0h de quinta-feira (14) até a meia-noite de domingo (17), dentro da Operação Viagem Segura. Homem morre em acidente entre carro e ônibus de banda em Venâncio Aires Acidente deixa quatro mortos em Boa Vista do Buricá, sendo três da mesma família Mulher é atropelada e morre após confusão em clube de São Luiz Gonzaga Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizaram, somados, 29.026 veículos e registraram 10.192 autuações diversas. Foram 222 acidentes nos quatro dias, que resultaram em 183 feridos. Os órgãos devem acompanhar os desdobramentos por mais 30 dias para avaliar se o número de vítimas aumentará. "No aniversário da Viagem Segura, infelizmente, não há o que comemorar. Onze pessoas perderam a vida no trânsito. São Thiagos, Marias, Brunas, Leonardos que se vão, e temos que lembrar que as estatísticas têm nome, têm rosto. É para que cada vez menos gaúchos e gaúchas deixem amigos e familiares impactados pela violência no trânsito que trabalhamos arduamente fiscalizando, punindo, educando”, ressalta Diza Gonzaga, diretora institucional do Detran. 106 motoristas flagrados bêbados Além das autuações, os órgãos de fiscalização realizaram 6.304 testes de bafômetro. A maioria dos condutores abordados teve como resultado o índice zero (98,3%). No entanto, 106 condutores foram flagrados sob a influência de álcool, sendo que 22, além de responderem por infração administrativa, foram enquadrados em crime de trânsito e encaminhados a delegacias. Outros 159 foram autuados por recusa ao teste. Todos os infratores sofrerão as sanções administrativas do artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro: multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano (além da retenção do veículo e do documento). O programa Viagem Segura já abordou, desde seu lançamento, em 2011, 5,8 milhões de veículos, o que corresponde a mais de 84% da frota do estado. Até setembro, segundo o Detran, havia, registrados, 6,9 milhões de veículos. "Acreditamos que só com o envolvimento da sociedade vamos, quem sabe num futuro próximo, poder anunciar que não houve nenhuma morte num feriadão como esse", acrescenta Diza.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 1497 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree