-->

Justiça do RS determina internação de adolescente investigado por acidente com mortes em Caxias do Sul

05 Dezembro 2019

Segundo investigações, jovem de 17 anos é o responsável pela morte de Fernanda Xavier Sosso, 33 anos, e o filho dela, Otavio Xavier Ceconi, de 2 anos, em outubro.
Defesa do adolescente disse que vai recorrer da decisão. Justiça determina internação de adolescente suspeito de causar acidente que matou mãe e filho A Justiça do Rio Grande do Sul determinou a internação do adolescente de 17 anos que, segundo apontam as investigações, causou acidente que vitimou mãe e filho, no dia 20 de outubro, em Caxias do Sul, na serra gaúcha. A defesa do jovem disse que não irá se manifestar pois o processo corre em segredo de justiça, mas que vai recorrer da decisão. O adolescente já estava internado provisoriamente no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Caxias do Sul desde o dia do acidente. A internação determinada agora pela Justiça não tem um tempo mínimo, podendo ser de até três anos, mas a lei determina que a cada seis meses, um juiz deve fazer uma avaliação do caso. A partir desta avaliação, é determinado se o jovem continua ou não internado e por quanto tempo. Segundo as investigações, no dia do acidente, o adolescente dirigia em alta velocidade e passou o sinal vermelho antes da colisão. Ele atingiu um carro com quatro pessoas da mesma família: Fernanda Xavier Sosso, 33 anos, e o filho dela, Otavio Xavier Ceconi, de dois, morreram. Júlio Ceconi, 36 anos, e Kauã Xavier Cassânego, 14 anos, ficaram feridos. Júlio chegou a ficar semanas internado em estado grave no Hospital Pompéia, mas foi liberado. A polícia apurou que o jovem estava em uma festa com a família e a namorada. Após o evento, os quatro foram para a casa de seus familiares, que fica perto do local do acidente. No início da madrugada, quando os pais já estavam dormindo, o jovem pegou o carro para levar a namorada para casa. O acidente ocorreu no retorno, quando ele já estava sozinho. Na investigação, a Polícia Civil concluiu que o jovem assumiu o risco de matar. Ele deve responder por ato análogo a homicídio doloso e lesões corporais. Mãe e filho morreram no acidente de trânsito; outras duas pessoas ficaram feridas. Arquivo pessoal
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree