-->

'Foi bem marcante', diz técnico em enfermagem sobre 'paciente zero' com Covid-19 ao conseguir tomar banho no Hospital Conceição

04 Julho 2020

Felipe Andriotti estava na equipe que acompanhou o caso da primeira pessoa que deu entrada na instituição com a doença. Hospital Conceição Porto Alegre Reprodução/RBS TV As
emoções dos profissionais da saúde são postas a prova diariamente, principalmente dentro de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) exclusiva para pacientes com a Covid-19. O técnico em enfermagem Felipe Andriotti estava na equipe que acompanhou o primeiro infectado a dar entrada no Hospital Conceição, na Capital, o maior hospital público do Rio Grande do Sul. Para o profissional, um dos momentos mais emocionantes da carreira foi quando Lucas Santos, o 'paciente zero', teve forças para se levantar e tomar banho, algo que nem sempre é possível para quem está em uma UTI. "Estava no plantão com ele no quarto e retiramos o oxigênio. Eu conduzi ele até o banheiro e ele tomou um banho. A alegria, me agradecendo, e falando que graças a Deus que tinha conseguido tomar banho. Bah! Essa foi bem marcante", relembra. "Como usavam máscaras, eu não sabia o nome de todas as pessoas que me atendiam, mas eu gravava pela voz. Tinha uma menina que sempre vinha com muito alto astral e isso me motiva a me dedicar na recuperação", lembra Lucas. A história de Felipe serviu de inspiração para a edição especial do Desafio Farroupilha Conte Comigo, que estreou no Jornal do Almoço deste sábado (4). Os quatro dançarinos dos CTG's campeões das edições passadas criaram uma coreografia a partir da experiência do técnico em enfermagem. Os dois se reencontraram pela primeira vez, numa chamada de vídeo. "Tu não tem noção do tamanho da gratidão que eu tenho por ti, por toda equipe", disse Lucas. "Ali acontecem milagres de saúde. A gente faz uma oração pra ficar mais tranquilo e para receber forças para executar um bom trabalho", ressalta Felipe. Ao longo dos tratamentos, desde a internação até a alta, profissionais da saúde e pacientes acabam se tornando uma família. Para Felipe, é um momento de aliança com o paciente “No momento que deixou família dele lá, acabou de ganhar outra família, somos a família dele, vamos acompanhá-lo 24 horas em todas situações: higienização, exame e medicação. A partir do momento que se despede da família passa a ser integrante da nossa família. Ele é nosso bem maior”, revela o enfermeiro. Em edição online, 'Desafio Farroupilha' homenageia profissionais da saúde
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree