Imprimir esta página
-->

Idosa que casou pela 1ª vez na igreja celebra seis meses de união: 'amor da minha vida'

18 Janeiro 2020

Sonho de Helena Gonçalves, de 70 anos, sempre foi casar de branco em Porto Velho. Aos 70 anos, ela conta que conheceu marido debaixo de uma árvore, após ele
passar mal na rua. Helena, que é viúva do primeiro casamento, conta que na primeira união, que foi oficializada no civil apenas, ela nunca se sentiu casada de verdade Wheliton Santos/arquivo pessoal Não foi no parque, clube e muito menos na igreja o primeiro encontro do casal Helena Gonçalves, de 70 anos, e Manoel Domingo Furtado, 56. A história de amor deles iniciou quando Helena viu Manoel passando mal debaixo de uma árvore, perto da casa dela, em Porto Velho. "Em 2016 ele estava quase desmaiando na rua, quando eu cheguei perto e percebi que ele não estava bem. Eu então pedi ajuda para levá-lo à clínica", lembra. Helena ainda não sabia, mas sua atitude altruísta acabou despertando em Manoel um sentimento além da gratidão. "Eu não tenho família aqui em Porto Velho e, mesmo sem me conhecer, ela cuidou de mim e me levou para a casa dela. Depois de 15 dias eu sabia que já sentia algo a mais por ela", diz Manoel. O casamento Helena conheceu Manoel embaixo de uma árvore perto da casa dela Wheliton Santos/arquivo pessoal O casal namorou por cerca de três anos e, em junho de 2019, os dois decidiram se casar na igreja. Helena, viúva de um união civil há mais de 40 anos, conta que com Manoel realizou um sonho de vestir o vestido branco. " Nunca senti que eu fosse realmente casada com o meu primeiro marido. Mas sempre o respeitei. Depois que ele morreu eu nunca mais me envolvi com ninguém. Cuidei dos meu três filhos, da minha mãe e sempre trabalhei muito e estudei. Quando Manoel e eu resolvemos nos casar eu não abri mão de nenhum detalhe, pois queria o que nunca tive: o casório na igreja", diz Helena. Seis meses depois de estar casada com Manoel, Helena diz estar feliz e ainda mais apaixonada pelo marido. "Ele é o amor da minha vida", afirma. Buquê de R$ 500 Ao G1, Manoel conta que cada detalhe do casamento religioso, que havia sido planejado pela esposa, foi respeitado. "O buquê foi o item mais em conta de todo do casamento. Custou R$ 500 (risos), mas nada faltou. Tudo, cada detalhe, foi do jeito que ela quis", lembra o marido. Idosa de 70 anos, Helena, comemora casamento após seis meses de união em Porto Velho Rondônia Wheliton Santos/arquivo pessoal O fotógrafo que registrou o casamento religioso de Helena e Manoel diz que a atmosfera da igreja foi tomada pelo amor dos dois. " Foi lindo toda a cerimônia. Mas era nítido que ela estava muito nervosa. As fotos que registrei quando ela ainda estava no carro mostram que ela não conseguia nem sorrir, de tão nervosa. Mas depois, já no altar, todos foram tocados pelo amor e companheirismo deles", afirma Wheliton Santos. Confira as fotos do casamento: Após mais de 40 anos viúva, Helena conhece o grande amor da vida dela Wheliton Santos/arquivo pessoal Manoel estava passando mal quando Helena o ajudou Wheliton Santos/arquivo pessoal Filhos da Helena ajudaram o Manoel na hora de conquistar a mãe deles Wheliton Santos/arquivo pessoal Casamento foi realizado em junho de 2019 Wheliton Santos/arquivo pessoal
7 K2_VIEWS

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree