-->

Estudantes distribuem máscaras para ajudar moradores de comunidades de Porto Velho na prevenção do coronavírus

31 Mai 2020

Objetivo do grupo é entregar cerca de 4 mil máscaras. Trabalho é ligado ao tema direitos fundamentais, dos estudos de direito constitucional dos integrantes do projeto. Moradores recebem máscaras
reutilizáveis para se proteger do novo coronavírusDiêgo Holanda/G1 Cerca de 20 estudantes do curso de direito de uma faculdade particular de Porto Velho estão distribuindo máscaras a moradores de comunidades da cidade. O trabalho faz parte de uma atividade de extensão da disciplina de direito constitucional dos alunos. Neste fim de semana, uma parte do grupo fez a entrega do material na comunidade Maravilha, localizada na margem esquerda do rio Madeira. O uso de máscaras é uma das ações recomendadas por especialistas na prevenção do contágio pelo novo coronavírus. Os estudantes já passaram pelos bairros Triângulo, Candelária, São Sebastião, KM 5 e Vila Princesa. O objetivo é distribuir 4 mil máscaras. Pouco mais de 400 já foram doadas. O acadêmico Fabrício de Oliveira diz que a ação é uma forma de aplicar os conhecimentos sobre diretos fundamentais aprendidos nas aulas teóricas. "A gente vê que em todas as comunidades que a gente visitou são pessoas muito carentes, que realmente precisam de conhecimento e informação sobre a pandemia e numa situação de extrema marginalização social, a gente faz esse papel de levar um auxílio para proteção", explica. Acadêmicos de direito distribuem máscaras na comunidade maravilha em Porto Velho Diêgo Holanda/G1 A moradora Marcela Passos diz que ficou feliz com a passagem dos alunos pela rua onde vive. "Muitas pessoas não têm condições de comprar a máscara, principalmente na nossa comunidade, que somos bem carentes. Eles são os primeiros que vêm aqui", contou. Do outro lado, a aluna Ana Beatriz Coelho concorda com a moradora: "As pessoas estão nos recepcionando muito bem, elas nos agradecem muito. A maioria das pessoas não tem condição de adquirir a máscara então elas nos agradecem muito". Elcimar Aragão, morador da Maravilha, elogiou a ação. "Isso é muito importante porque assim a gente pode se prevenir e prevenir o próximo também, como a nossa família, pais, filhos", disse.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree