-->

Vídeo mostra jovens ostentando objetos roubados após matarem empresário de 60 anos em RO, diz polícia

15 Setembro 2020

Um dos jovens morava com a vítima, pois mantinham um relacionamento a cerca de dois anos. O outro rapaz preso era hóspede do casal em Porto Velho. Vídeo ostentação
foi gravado em um hotel de Jaci-Paraná. A Polícia Civil divulgou um vídeo de dois jovens de 21 e 19 anos, momentos após matarem e torturarem um empresário de 60 anos em Porto Velho. Um dos rapazes que aparece nas imagens era companheiro da vítima. O crime aconteceu na madrugada da segunda-feira (14) e os jovens foram presos na tarde do mesmo dia enquanto estavam em um hotel de Jaci-Paraná com aproximadamente R$ 30 mil, o celular da vítima e pertences que compraram após o latrocínio. Jovens foram presos após ostentarem roubo em redes sociais Nas imagens eles mostram o quarto de hotel e as compras (veja acima). Depois da prisão em flagrante eles confessaram o crime e foram encaminhados ao sistema prisional de Porto Velho, segundo a polícia. O G1 tenta localizar a defesa dos suspeitos. Investigações O empresário de 60 anos, identificado como Fernando Trindade foi encontrado morto na segunda-feira (14) em casa, na Zona Sul de Porto Velho. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava caída com mãos e pés amarrados por fios. Conforme o boletim de ocorrência, um cliente teria passado na região por volta das 8h e achado estranho que o comércio estava fechado. Ao saber disso, o irmão de Fernando foi ao local para verificar o que ocorreu. Ele se deparou com o portão aberto e notou que o vidro do carro do comerciante estava quebrado. E encontrou o corpo. O caso foi registrado como latrocínio e a Delegacia de Patrimônio iniciou as investigações. Os policiais souberam que dois jovens frequentavam a casa da vítima, sendo que um mantinha um relacionamento homoafetivo com o empresário a cerca de dois anos e o outro era um hóspede. A equipe de investigação descobriu que os jovens poderiam estar escondidos em um hotel em Jaci-Paraná. Ao chegarem no local encontraram os suspeitos. "Eles confessaram detalhadamente o crime na delegacia. Não há dúvidas que eles foram os autores, há imagens deles chegando no hotel, há imagens deles saindo do local do crime com duas motocicletas: uma moto preta que eles subtraíram da vítima e uma moto branca, que em tese a vítima teria dado para o companheiro". O crime Casa onde empresário de 60 anos foi encontrado morto em Porto Velho. Ruan Gabriel/Rede Amazônica Ainda de acordo com a Polícia Civil, a ideia inicial do crime partiu do jovem hóspede. Ele desejava roubar a motocicleta da vítima, mas o companheiro sabia que havia uma quantia em dinheiro escondida no carro de Fernando e em conjunto, arquitetaram o plano para roubar também o capital. Para isso eles precisavam saber onde estava a chave do carro. Foi então que, conforme as investigações, o hóspede deu uma "gravata" na vítima, que ficou inconsciente. Após isso o companheiro amarrou os pés e braços do empresário. E iniciou uma sessão de tortura para que ele falasse onde estava a chave do carro. Fernando foi torturado por cerca de duas horas com chutes, socos e foi asfixiado com uma camiseta, mas não disse onde estava a chave. Por isso os jovens quebraram o vidro do carro, onde encontraram a quantia de R$ 30 mil. E fugiram. Presos suspeitos de matar empresário
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree