-->

Manifestantes ateiam fogo em madeiras e bloqueiam trecho da BR-364 em Porto Velho

21 Setembro 2020

Grupo alegava falta de energia elétrica após chuva que encobriu capital na noite do último domingo (20). Após negociações, moradores aceitaram liberar parte da rodovia. Manifestantes atearam fogo
e bloquearam BR-364 em Porto Velho na noite desta segunda-feira (21). Ruan Gabriel/Rede Amazônica Um grupo de cerca de 30 pessoas ateou fogo em madeiras e bloqueou um trecho da BR-364, em Porto Velho, na noite desta segunda-feira (21). Segundo informações apuradas pela Rede Amazônica no local, os manifestantes protestavam pelo retorno do abastecimento de energia elétrica na região, que fica depois do Bairro Novo. O protesto começou por volta das 18h e gerou três quilômetros de congestionamento. Os moradores alegaram que estavam sem energia desde a forte chuva que encobriu a capital na noite do último domingo (20). Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e tentou negociar com os manifestantes. O grupo, então, decidiu por liberar uma parte da via, sentido Candeias do Jamari. Já às 20h, a pista foi liberada por eles sob condição de retomada da energia em algumas horas. PRF esteve no local onde estavam os manifestantes na BR-364. Ruan Gabriel/Rede Amazônica Até a última atualização desta reportagem, não havia informações sobre a solução ou não do caso dos manifestantes. Em nota, a Energisa informou que houve um aumento de 300% nas ocorrências por causa da chuva de domingo. Os ventos, considerados de "média e forte severidade", provocaram a queda de árvores, além do lançamento de objetos sobre a rede elétrica. A fornecedora garantiu que 600 profissionais trabalham pelo reabastecimento de energia o mais rápido possível e que, devido à quantidade de ocorrências, estabeleceu critérios de atendimento "que priorizam hospitais, serviços essenciais e áreas mais populosas". Disse também que segue em alerta por causa da previsão de novas chuvas no estado. PRF manifestação BR-364 Ruan Gabriel/Rede Amazônica
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree