-->

Júri condena a 35 anos de prisão acusado de matar adolescentes e jogar corpos em poço em RR

18 Novembro 2019

Domingos Macedo Brito Filho, o 'Domingão', já cumpria condenação de 76 anos de prisão pela 'Chacina do Pintolândia' quando matou os adolescentes. Crime foi dezembro de 2017 Quando
foi apresentado na Polícia Civil, Domingão inicialmente havia negado a autoria dos crimes, mas depois confessou Alan Chaves/G1 RR/Arquivo O Tribunal do Júri condenou a 35 anos e 3 meses de prisão o réu Domingos Macedo Brito Filho, conhecido como “Domingão”, acusado de matar dois adolescentes e jogar os corpos das vítimas em um poço, informou nesta segunda-feira (18) o Ministério Público de Roraima, autor da denúncia. O crime foi no dia 11 de dezembro de 2017 na chácara de Domingão, na região do Monte Cristo, zona rural de Boa Vista. O julgamento foi no último dia 14. A condenação é por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Consta na denúncia do MPRR, que ele matou a pauladas os primos Deyslon Dylan Soares de Lima e Ítalo Pereira, ambos de 17 anos. As ossadas dos dois foram achadas em 4 de janeiro do ano seguinte. Domingão está preso na Cadeia Pública. Ele já havia sido condenado, em 2001, a 76 anos de prisão pela morte de quatro pessoas da mesma família no crime conhecido como “Chacina do Pintolândia”, ocorrido em 1996. O réu estava em regime semiaberto quando matou os dois primos. Atualmente ele está preso na Cadeia Pública, em Boa Vista. À época, ele confessou ter matado os adolescentes. Conforme o MPRR, Ítalo trabalhou na chácara de Domingão e não recebeu corretamente pelo serviço. Com isso, o adolescente furtou uma geladeira e o fogão da propriedade. No dia em que foram assassinados, segundo o MPRR, os primos foram até a chácara para, supostamente, furtar alguns porcos. Os dois foram flagrados e mortos por Domingão. A acusação foi sustentada pelo promotor de Justiça do Tribunal do Júri, Igor Naves. A defesa alegou no processo que o acusado agiu em legítima defesa.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree