-->

Prefeita apresenta na COP 25 como o uso de energia solar em Boa Vista reduz poluição e gera economia

07 Dezembro 2019

Teresa Surita (MDB) palestrou na conferência que reúne líderes mundiais que discutem como acelerar o combate as mudanças climáticas. Teresa Surita (MDB) durante a COP 25, em Madri, na
EspanhaPrefeitura de Boa Vista/Divulgação A prefeita Teresa Surita (MDB) participou nessa sexta-feira (6) do painel Mulheres Prefeitas da Amazônia durante a Conferência da ONU sobre o Clima, a COP 25, que ocorre em Madri, na Espanha. No evento ela falou sobre o uso de energia solar na capital e como o método tem ajudado na economia e a reduzir a poluição. Teresa foi uma das três convidadas do Instituto Alziras, ao lado das prefeitas Fernanda Hassem, de Brasiléia (AC) e Rosária Chaves (Prof. Rosinha), de Cururupu (MA). A prefeita participou do painel que discutiu barreiras comuns e trocar soluções inovadoras para impulsionar a ação climática em nível subnacional, ressaltando a importância das mulheres para moldar um futuro mais saudável, sustentável e inclusivo. Atualmente, a prefeitura tem vários prédios públicos abastecido por energia solar: a sede prefeitura, Mercado São Francisco, Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Terminal Luiz Canuto Chaves, abrigos de ônibus e até uma comunidade indígena na zona Rural, a Darora. O projeto existe desde 2016. Teresa falou sobre os desafios enfrentados por Boa Vista e por Roraima, principalmente, na questão energética. “A energia de Roraima hoje vem da Venezuela, de um país em crise. É muito complexo até compreender essa situação, pois Roraima é o único estado brasileiro que não está ligado ao Sistema Interligado Nacional (SIN), o Linhão de Tucuruí”, disse. Ela pontuou ainda o uso de energia solar surgiu dentro da realidade do município e no que poderia ser feito como alternativa para o problema e ainda melhorar a questão do clima e os impactos ao meio ambiente. “Convivemos com apagões. Tem dias que a energia cai seis vezes, por isso decidimos trabalhar com energia solar. Boa Vista tem saído na frente em muitos aspectos e eu me orgulho em dizer que esse é um deles.”, completou. Com o uso de energia solar, a prefeitura deixou de lançar 741.627 kg de gás carbônico (CO2) na atmosfera e gerou uma economia de R$ 771.123,23 na tarifa de energia. Atualmente, uma usina de energia solar está sendo construída no Teatro Municipal, com capacidade para abastecer todo o prédio. A prefeitura já tem um projeto para a construção de uma outra usina com potência para gerar energia para os demais prédios públicos do município. COP 25 A COP 25 é a Conferência sobre Mudança Climática, uma das mais importantes para as Nações Unidas. Reúne líderes mundiais que selam seus compromissos e acordos nessa área. Nesta edição, o objetivo é ampliar a ambição dos países para alcançar as metas estabelecidas no Acordo de Paris.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree