-->

Ministro do STF nega liberdade a ex-governador de RR Neudo Campos

22 Fevereiro 2020

Pedido de habeas corpus já havia sido negado, defesa recorreu e o ministro Gilmar Mendes indeferiu mais uma vez. Ex-governador Neudo Campos (PP) foi condenado por peculato e desvio
de dinheiro público Valéria Oliveira/G1 RR O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou o pedido de liberdade da defesa do ex-governador de Roraima Neudo Campos. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do STF nesta sexta-feira (21). O pedido de habeas corpus já havia sido recusado, a defesa recorreu e o ex-governador teve a liberdade negada mais uma vez. Campos foi condenado por desvios de dinheiro público, o caso ficou conhecido como "Escândalo dos Gafanhotos". Conforme a Polícia Federal, mais de R$ 230 milhões teriam sido desviados. No total, 85 pessoas foram denunciadas em 52 processos. Em apenas um dia, 42 pessoas foram presas. Procurada, a defesa disse deve se pronunciar após intimação e afirmou que a "decisão veiculada está fora da realidade" do ex-governador. Em 2015, o ex-governador foi condenado inicialmente a prisão em regime fechado por 16 anos. A defesa recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região e conseguiu reduzir para 7 anos e 1 mês. Após três meses de prisão, o ex-governador passou a cumprir a pena em casa. Ainda de acordo com a decisão de Gilmar Mendes, a condenação em segunda instância apresenta "potencialidade" para justificar a imposição de prisão preventiva. O ministro argumenta que as provas apresentadas no processo são fundamentos suficientes para manter a prisão de Campos.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree