-->

Suspeito de integrar grupo que matou radialista no Pará é preso em Boa Vista

17 Setembro 2020

O homem, de 40 anos, estava em uma casa alugada, no bairro Senador Sílvio Botelho, na zona Oeste da cidade. Suspeito foi encaminhado à Pamc até ser recambiado para
o Pará Reprodução/Rede Amazônica/Arquivo Um homem, de 40 anos, foi preso em Boa Vista por suspeita de participação na morte do radialista Jairo Sousa. O suspeito foi encontrado em uma casa alugada, no bairro Senador Sílvio Botelho, na zona Oeste da cidade, no início da manhã desta quinta-feira (17). Jairo foi assassinado na entrada do prédio onde trabalhava na cidade de Bragança, no nordeste do Pará. Segundo a Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), o homem nega participação no crime. Além deste crime, ele também é acusado de outros dois homicídios ocorridos na cidade de Tracuateua (PA) e de integrar um grupo de extermínio. A Dicap informou que ele era foragido do Pará, desde janeiro deste ano, após a emissão de um mandado de prisão preventiva contra ele. Informações repassadas pela polícia paraense, apontaram a cidade de Boa Vista, como local de fuga do suspeito. O homem foi encaminhado à Penitenciária Agrícola do Monte Cristo, onde permanecerá à disposição já Justiça, até ser recambiando para o Pará, local onde responderá pelo processo, informou a Dicap.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree