-->

Familiares e amigos se despedem do empresário Roberto Angeloni antes de cremação

29 Junho 2020

Ele morreu no domingo após um acidente envolvendo um carro de luxo na BR-101, em Biguaçu. Cerimônia foi realizada na manhã desta segunda-feira em Içara. Acidente mata empresário
em SC; carro de luxo fica partido ao meio Amigos e familiares de Roberto Angeloni, de 51 anos, participaram de uma cerimônia de cremação na qual prestaram as últimas homenagens ao empresário durante a manhã desta segunda-feira (29), em Içara, no Sul catarinense. A morte ocorreu no domingo (28) na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis, após um acidente violento envolvendo o carro de luxo conduzido por ele, que chegou a partir ao meio com o impacto. Desde o início do velório, às 9h, dezenas de pessoas compareceram ao local para se despedir, mas preferiram não falar com os jornalistas. Inicialmente, durante uma hora, o acesso ficou restrito aos familiares. Depois, a sala foi aberta para receber as autoridades, funcionários da rede e amigos. Muitas delas ficaram do lado de fora do crematório para evitar aglomerações por conta da pandemia. A cerimônia anterior à cremação foi antecipada a pedido da família e ocorreu por volta das 12h. Cerimônia de despedida de Roberto Angeloni, de 51 anos, será em Içara Lariane Cagnini/ NSC Em nota, o governador Carlos Moisés (PSL) manifestou pesar e se solidarizou pela perda. “Enviamos à família Angeloni nossa manifestação de pesar e condolências pelo falecimento de Roberto Angeloni, ocorrido neste domingo. Que Deus o receba e conforte a família e amigos”, disse o governador. Roberto Angeloni era filho do fundador da Rede Angeloni, que tem supermercados, farmácias, postos de combustíveis e centros de distribuição de mercadorias. O empresário era natural de Criciúma e deixou os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos. Roberto Angeloni, de 51 anos, morreu em acidente de trânsito em SC Divulgação/Rede Angeloni Acidente Empresário morre em grave acidente na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis O acidente foi no km 184,7 da pista, sentido norte (Curitiba), na faixa de acesso ao Posto Tijuquinhas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), é possível afirmar que o carro em que estava o empresário estava acima do limite de velocidade permitido, mas a perícia ainda vai precisar a quantos quilômetros por hora o veículo trafegava. Conforme a PRF, Angeloni perdeu o controle do carro depois de passar por algumas ondulações na pista. Na sequência, bateu na caminhonete, saiu da rodovia, entrou no pátio do posto e atingiu o poste, que foi derrubado com a força da colisão. "Fizemos no domingo todo o levantamento e estamos fazendo o laudo pericial, que 10 a 15 dias deve ficar pronto, elucidando as causas e como ocorreu esse acidente", explica o inspetor Luiz Graziano, chefe de comunicação da PRF. Ele explica as imagens das câmeras de monitoramento da rodovia, que flagraram o acidente, foram solicitadas e devem fazer parte das investigações. Sobre as ondulações, a Arteris Litoral Sul, concessionária responsável por esse trecho da rodovia, informou que realiza o monitoramento e conservação constante do pavimento no trecho em conformidade com as características de geometria e velocidade máxima para a qual foi projetada, que é de 100 Km/h. No outro veículo estavam duas pessoas: o motorista, que não teve ferimentos, e uma passageira que ficou levemente ferida e foi levada ao Hospital Regional de São José. O estado de saúde dela não foi informado pela unidade de saúde nesta segunda-feira. Segundo o delegado José Fernandes, de Biguaçu, foi registrado um boletim de ocorrência sobre o caso na tarde desta segunda. "Solicitei para a PRF o B.O. deles pois estiveram no local do acidente, já que foi na BR, e dependendo do que constar será instaurado ou não o inquérito", afirmou. Veículo em que estava Roberto Angeloni ficou destruído após batida em SC Divulgação/PRF-SC Veja as notícias do estado no G1 SC
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree