-->

Jovem é atropelado ao proteger prima de 15 anos de assédio em SP

19 Fevereiro 2020
Renato foi atropelado após defender a prima de 15 anos de um assediador Reprodução Record TV

O ajudante Renato Rodrigues da Costa está internado em estado grave no Hospital das Clínicas de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, após ter sido atropelado por um homem que assediou a prima dele de apenas 15 anos.

Segundo o relato de familiares da adolescente, o suspeito, que é advogado, estava dentro do carro, reduziu a velocidade e passou a chamar a atenção da menina, inclusive falando palavrões. A adolescente estava acompanhada da irmã e do primo Renato. 

Leia mais: Motorista do Uber acaba banido após gravação de assédio

De acordo com o pai da adolescente, Caio Alexandre, Renato teria pedido que o homem fosse embora. "Ele falou: dá linha, tá pensando o quê? Aqui é família, a menina tem 15 anos", disse o pai.

Ainda assim, a estratégia não funcionou e o assédio continuou. O suspeito então desceu do veículo com as mãos nas costas e segurava uma cerveja. Houve bate-boca e uma confusão generalizada no local, até que o homem voltou para o carro, acelerou e atropelou Renato.

Veja também: Motorista culpa 'shorts' da menor por assédio e é detonado por Anitta

O jovem foi prensado em um alambrado de uma casa e teve diversas fraturas, também na cabeça, e foi levado em estado grave para o hospital pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele já passou por várias cirurgias.

A família da vítima registrou um boletim de ocorrência no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes. O caso é investigado como tentativa de homicídio. A polícia procura agora imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado o assédio e o atropelamento.


Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree