-->

Três municípios sergipanos vão receber R$ 1,7 milhão para atender pacientes do SUS em casa

03 Janeiro 2020

O objetivo da ação é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, bem como diminuir o tempo de permanência de usuários internados no SUS.
Dinheiro Natalia Filippin/G1/Arquivo Lagarto, Laranjeiras e São Cristóvão vão repartir R$ 1,7 milhão do Ministério da Saúde (MS) para acrescentar cinco equipes de profissionais especializados no tratamento em casa para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com impossibilidade ou dificuldade de se locomover até uma unidade de saúde. O objetivo da ação é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, bem como diminuir o tempo de permanência de usuários internados no SUS. Os três municípios vão receber uma Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar (EMAD) cada, formadas por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que ofertam um suporte médico completo aos pacientes que estão acamados. Já Lagarto e São Cristóvão também vão receber uma Equipe Multiprofissional de Apoio (EMAP), com composição mínima de três profissionais de nível superior, escolhidos entre oito diferentes ocupações: assistente social; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; nutricionista; odontólogo; psicólogo; farmacêutico e terapeuta ocupacional. Do total de R$ 1,7 milhão, Lagarto e São Cristóvão vão receber R$ 672 mil enquanto Laranjeiras terá direito a R$ 408 mil. Segundos o MS, as habilitações trarão maior qualidade de vida para as pessoas que precisam de cuidados e acompanhamento de saúde, como as acamadas, por exemplo, que podem se beneficiar de um tratamento domiciliar, ao invés de permanecerem em internações hospitalares. O serviço é caracterizado por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças, além de reabilitação com garantias da continuidade dos cuidados.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 20981 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree