-->

Corpo de morador de rua de SP que morreu após ser queimado será sepultado em Nossa Senhora da Glória nesta quarta-feira

08 Janeiro 2020

Segundo a polícia, suspeito de cometer o crime já foi identificado. O corpo do morador de rua que morreu após ser atingido pelas chamas e ter 70% do corpo
queimado enquanto dormia em uma rua da Mooca, Zona Leste de São Paulo, será sepultado na manhã desta quarta-feira (8), no Povoado Lagoa Bonita, em Nossa Senhora da Glória, no Sertão sergipano, onde reside a sua família. Ele chegou a Sergipe no final da tarde desta terça-feira (7), no Aeroporto Santa Maria, em Aracaju. Carlos Roberto Vieira da Silva, morador de rua que morreu após ser queimado na zona leste de São Paulo Reprodução/Jornal Nacional Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, foi internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal do Tatuapé, mas morreu na manhã da segunda-feira (6). Segundo o amigo da família, Luiz Carlos Almeida, ele costumava se dividir entre os dois estados para trabalhar com reciclagem. “Sempre que ele estava em São Paulo trabalhava catando latinha e papelão para reciclar. As vezes ela passava um ano ou dois por lá. Mas sempre mantinha contato com a família. É uma tristeza muito a grande a crueldade da qual ele foi vítima”, disse. Polícia tenta esclarecer circunstâncias da morte de morador de rua e procura suspeito A polícia já identificou e pediu a prisão do suspeito, mas não informou mais detalhes para não atrapalhar as investigações. O caso foi registrado inicialmente como crime de lesão corporal no 56º Distrito Policial (DP), da Vila Alpina, mas será investigado pelo 18º DP, do Alto da Mooca, como homicídio.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 21784 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree