-->

Mais de 150 pessoas foram presas em Sergipe por tentativas de fraude na emissão de RGs em 2019

10 Janeiro 2020

Um exemplo que chamou a atenção no estado foi o de uma mulher de 53 anos, foragida da Justiça do Rio de Janeiro, acusada de envenenar e matar crianças
na década de 1990. Perícia criminal no Instituto de Identificação de Sergipe ASN/Divulgação O Instituto de Identificação de Sergipe divulgou nesta sexta-feira (10) que 158 pessoas foram presas no estado por tentativas de fraude na emissão de carteira de identidade. De acordo com o órgão, a descoberta dos crimes é possível através de processos de busca e análise de documentos e de impressões digitais. “Alguns setores, como de Análise e Inteligência, sempre que detecta falsidade ideológica, mandado de prisão ou qualquer outra circunstância que culmine em prisão, permite que o Instituto de Identificação acione a delegacia mais próxima, no caso a 2ª Delegacia Metropolitana (2ª DM) ou, a depender da situação, a Polinter, quando se trata de crimes de fora do estado. A Polícia Civil vem e faz a condução da pessoa até a unidade policial”, disse o diretor o Instituto de Identificação, Jenilson Gomes. Foragida da Justiça do RJ por envenenar e matar crianças é presa em Sergipe Reprodução/TV Sergipe/Arquivo Um exemplo que chamou a atenção dos sergipanos em 2019 foi o de uma mulher de 53 anos, foragida da Justiça do Rio de Janeiro, acusada de envenenar e matar crianças na década de 1990 e condenada a 16 anos de prisão em 2013. Entre as vítimas, a filha e a sobrinha da acusada. A investigação, que durou cerca de cinco meses, foi iniciada porque a mulher não tinha documentos e se apresentava com um nome falso, precisou de internamento no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 6276 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree