-->

Parte do comércio e templos religiosos têm abertura autorizada por resolução governamental em Sergipe

30 Julho 2020

Anúncio foi feito pelo governador Belivaldo Chagas na tarde desta quinta-feira. Belivaldo Chagas (PSD), governador de Sergipe Arthuro Paganine/Governo de Sergipe/Divulgação O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD),
realizou uma coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira (30), e informou sobre a reabertura de alguns segmentos comerciais/empresariais e templos religiosos a partir da publicação da resolução do Comitê Gestor de Retomada Econômica. Mais cedo, o Diário Oficial já mostrava a revogação de decretos anteriores, a inclusão de novas atividades essenciais e novos critérios para avanços de fases do Plano de Retomada da Economia. Sergipe tem 57,6 mil casos de Covid-19 e 1.408 mortes pela doença Segundo Chagas, o documento prevê a abertura das seguintes atividades: lojas de de cosméticos; artigo de perfumaria e higiene pessoal; livrarias; comércio de artigo de escritório e papelaria; lojas de calçados; joalherias; cama e mesa; armarinhos; comércio de embalagens; lojas de tecidos, artigos esportivos e brinquedos e artigos recreativos. Já os templos religiosos, podem ser abertos às terças-feiras, quintas, sábados e domingos com lotação de 30% e seguindo as determinações sanitárias. Sobre a abertura dos shoppings, o governador destacou que as propostas recebidas pelos representantes dos estabelecimentos serão analisadas e uma resposta deve ser dada na próxima terça-feira. A retomada da economia vai levar em consideração a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública e será reavaliada em períodos de 7 a 14 dias. Atualmente o estado possui 209 leitos de UTI e a meta é alcançar 230. Shoppings Belivaldo disse também que a abertura de academias e escolas ainda serão avaliadas posteriormente, para uma nova fase do plano. Transporte público O governador disse que pediu ao prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, que a partir da próxima semana aumente de 70% para 80% a frota do transporte público e quando for sinalizado a abertura de outros estabelecimentos esse número chega a 100%. Multa x decretos Além disso, Belivaldo solicitou ao presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, que seja avaliado um Projeto de Lei, que foi encaminhado à Casa com o objetivo de multar quem não fizer o uso da máscara e desobedecer as medidas dos decretos governamentais. “Faço isso em nome da manutenção da retomada da economia e da própria vida”, disse. Revogação de decretos Governo revoga decretos e altera critérios para avanço de retomada da economia Initial plugin text
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree