-->

Escuridão em setor de Araguaína deixa famílias com medo; vídeo

15 Novembro 2019

Caso é no setor Universitário. Morador fez vídeo para mostrar os problemas e disse que famílias ficam inseguras por causa da falta de iluminação: "O maior perigo aqui".
Morador reclama da falta de iluminação pública em bairro de AraguaínaA falta de iluminação pública em ruas de Araguaína, no norte do Tocantins, está deixando moradores preocupados. O problema fica no setor Universitário. Com a escuridão o local fica perigoso e as famílias temem assaltos. Um homem fez imagens da situação e enviou à TV Anhanguera. (Veja o vídeo) Nas imagens não é possível enxergar quase nada. O homem disse que já procurou a Prefeitura várias vezes, mas o problema nunca foi solucionado. "A única resposta é que eles já vieram, colocaram as lâmpadas e alguém quebrou por vandalismo e isso não procede. A gente mora aqui a mais de seis meses e esse trecho aqui sempre esteve no escuro", reclamou. O homem conta que sem luz, as famílias não se sentem seguros de andar no local. "O maior perigo aqui. Correndo risco de vida. Só tem lâmpada nos postes no início da rua. Aqui do meio para o final da quadra 40 em diante não tem iluminação nenhuma", contou. Outro lado A Prefeitura de Araguaína foi procurada para comentar o caso e informou que realiza manutenção programada da iluminação pública em todos os setores do município e que iniciou, nesta semana, um levantamento das ruas do setor Universitário que devem passar por manutenção. Disse ainda que os serviços devem começar a partir da próxima semana entre os dias 18 e 22 de novembro. Segundo a Prefeitura, os bairros Universitário, Maracanã e Barros serão atendidos com urgência. Escuridão é no setor Universitário Reprodução/TV Anhanguera Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 839 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree