-->

Buscas por idosa que desapareceu em rio ao tentar salvar neta que morreu afogada chegam ao 3º dia

18 Janeiro 2020

Acidente aconteceu no rio Palma, em Paranã, no sul do Tocantins. Segundo o Corpo de Bombeiros, as duas vítimas foram arrastadas pela correnteza. Bombeiros fazem buscas por avó que
desapareceu em rio após tentar salvar a neta Divulgação/Corpo de Bombeiros O Corpo de Bombeiros retomaram, no início da manhã deste sábado (18), as buscas para encontrar a idosa Maria da Conceição Antônio de Araújo, de 60 anos. Ela desapareceu no rio Palma, em Paranã, ao tentar salvar a neta de 3 anos, Maria Eduarda Araújo Silva, que estava sendo arrastada pela correnteza da água. A criança morreu afogada e o corpo foi encontrado horas após o acidente. As buscas pela idosa já estão no terceiro dia consecutivo. Os mergulhadores de Gurupi disseram que ainda não há indícios dela no rio e que além da correnteza, as águas na região são profundas e escuras. A Polícia Militar (PM) acompanha o caso e os bombeiros contam que as buscas só serão encerradas quando a vítima for localizada. Testemunhas disseram aos policiais que o acidente foi por volta de 12h de quarta-feira (15) durante um banho. Ao ver a neta sendo levada pela água a avó nadou na direção da criança, mas também sumiu. Uma terceira pessoa que acompanhava as vítimas também teria entrado no rio, mas logo voltou à superfície. Os moradores começaram a procurar as vítimas e somente a pequena Maria Eduarda foi encontrada, já sem vida. O corpo dela passou pelo Instituto Médico Legal (IML) de Gurupi e foi liberado para ser velado e sepultado pela família. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree