-->

Empréstimos consignados voltam a ser suspensos para servidores do Tocantins

21 Janeiro 2020

Banco do Brasil disse que suspensão foi automática por desrespeito a uma 'cláusula contratual'. Empréstimos consignados voltaram a ser suspensos para servidores do Tocantins Reprodução/TV Anhanguera O Banco do
Brasil suspendeu novamente a concessão de empréstimos consignados para servidores públicos estaduais do Tocantins. De acordo com o banco, a medida foi automática após o desrespeito a uma 'cláusula contratual' por parte do governo. A instituição não informou qual foi a cláusula desrespeitada. O Palácio Araguaia disse que não foi comunicado oficialmente da suspensão, mas que ao tomar conhecimento do caso tomou providências para normalizar o serviço. O governo não comentou o que levou ao bloqueio. Horas após a publicação da reportagem, o banco decidiu reabrir a linha de crédito sem informar os motivos que levaram a esta decisão. Na época da primeira suspensão, o dinheiro era descontado dos contra-cheques dos servidores, mas não era repassado aos bancos. O caso levou o Ministério Público Estadual a denunciar dois ex-governadores por improbidade administrativa: Sandoval Cardoso e Marcelo Miranda. A dívida dos consignados chegou a passar de R$ 120 milhões, em maio do ano passado ainda era de R$ 28 milhões, que foi o valor negociado para a reabertura dos empréstimos. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

Usuário(s) Online

Temos 7772 visitantes e Nenhum membro online
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree