-->

Tamanduá faz cirurgia para colocar pinos em pata após ser atropelada em Gurupi

21 Janeiro 2020

Procedimento durou cerca de duas horas e foi um sucesso. Recuperação para que ela possa voltar ao habitat natural deve levar 60 dias. Tamanduá passou por cirurgia na perna
após o atropelamento Débora Ciany/TV Anhanguera Uma tamanduá-bandeira precisou de cirurgia para instalar pinos na pata dianteira após ser atropelada em Gurupi, no sul do Tocantins. A fêmea é adulta e teve o fêmur quebrado em várias partes no acidente. O procedimento durou cerca de duas horas e foi um sucesso. O veterinário Jairo Piovesan, do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) informou que ela está se alimentando normalmente. A tamanduá foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros em um avenida movimentada no setor Sol Nascente há alguns dias. Não há informações sobre o motorista responsável pelo atropelamento. Os veterinários optaram pelo procedimento após ver pelo raio-X que não havia outro tratamento que fosse resolver os problemas causados pelo ferimento. Raio-X mostrou que o fêmur estava quebrado em várias partes Débora Ciany/TV Anhanguera A recuperação da tamanduá deve levar cerca de 60 dias. Ela vai ficar internada no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) e quando estiver recuperada e completamente cicatrizada deve ser devolvida à natureza. A cirurgia não deve afetar a capacidade dela de se alimentar por conta própria na mata. Nesta terça-feira (21) também foi registrada outra situação envolvendo animais silvestres em Gurupi. Uma fêmea que passeava pelas ruas de Gurupi carregando o filhote foi resgatada pelos Bombeiros em meio ao trânsito da cidade. Neste caso, nem a mãe nem o filhote tiveram ferimentos e foram soltos em uma área de reserva. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree