-->

Cratera em aterro de ponte chega ao outro lado da pista na Avenida NS-3

10 Fevereiro 2020

Buraco apareceu na pista sentido às Arnos e chegou nesta segunda-feira (10) ao lado da via que vai para o centro da cidade. Especialista alerta que há risco de
desabamento completo. Buraco chegou a ponte da NS-3 no sentido centro Reprodução/TV Anhanguera A cratera que se abriu no aterro da ponte da Avenida NS-3 em Palmas se tornou ainda maior ao longo do fim de semana. Nesta segunda-feira (10), rachaduras e afundamento do asfalto começaram a afetar também a pista no sentido centro da cidade. Originalmente, o deslizamento ocorreu apenas na pista sentido norte para as quadras da região das Arnos. O engenheiro civil especializado em estruturas Alexon Dantas alertou que existe o risco de desabamento completo das duas estruturas. "É o aumento dos empuxos do solo. Porque a água ela vai também percolar por cima [da estrutura] já que já abriu uma região ali. Então haverá uma tendência de forças horizontais na parte superior aumentar e tender a colapsar também", explica. Engenheiro fala sobre riscos após aterro de ponte desmoronar em Palmas Para o professor, o deslizamento pode estar relacionado a problemas no dimensionamento da água que passaria por debaixo da ponte no momento em que ela foi projetada. "Normalmente a gente leva em consideração as chuvas, numa regressão linear, de 100 anos atrás. A gente verifica as situações de picos e a partir dai, a gente faz o dimensionamento hidráulico da ponte. A gente verifica qual a distância dos pilares na sua região central e a altura em relação ao pavimento para que aquela água possa escoar de maneira segura. Então seria interessante avaliar quanto de chuva que teve agora, confrontar com o projeto da ponte e verificar a situação mais adequada, para que isso não ocorra mais". Ainda não foi definido se a estrutura que já existe pode ser recuperada ou se será necessário fazer uma nova ponte. A cratera também afetou um dos postes que ficam no local e a rede elétrica na região acabou precisando ser desligada. O fornecimento para residências não foi afetado porque a Energisa realizou manobras na rede. Cratera no aterro da ponte da NS-3 segue aumentando Reprodução/TV Anhanguera O que diz a prefeitura A Prefeitura de Palmas informou, em nota, que os reparos na ponte só poderão ser executados quando as chuvas cessarem, uma vez que a recuperação do aterro precisa ser compactado, sendo necessário que tanto o solo local quanto o novo material estejam secos. O município também alertou para o risco da travessia no local. "Vale frisar aos motoristas, pedestres e ciclistas que a interdição na ponte foi necessária para garantir a segurança da população, portanto não ultrapassem as barreiras de interdição e trafeguem pelas Avenidas LO-08 e NS-01", disse o município. Desde que a cratera surgiu, a prefeitura atribui o buraco ao 'solapamento na base do aterro' em função das chuvas. Danos da na poste criaram cratera ao lado de poste da rede elétrica Reprodução/TV Anhanguera Acesso alternativo Quem precisar se deslocar pela região pode utilizar acessos alternativos pelas pontes das avenidas NS-1 e Teotônio Segurado para quem precisa ir ao centro da cidade e pela avenida NS-15 para quem tem que ir no sentido da orla de Palmas. Outro incidente A ponte em questão é a mesma que teve problemas no fim de 2018. Na época, parte do aterro desmoronou e uma cratera se abriu ao lado da estrutura. A pista de ciclismo que passava na região acabou engolida pelo buraco e o trecho também foi interditado. Na época a área chegou a ser coberta por lonas para evitar que a chuva causasse mais erosão. Estrutura da própria ponte na NS-3 acabou danificada após aterro afundar Reprodução/TV Anhanguera Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree