-->

Mesmo com reclamações de pais, prefeitura diz ter duas mil vagas abertas na rede municipal de ensino

13 Fevereiro 2020

Secretaria de Educação disse que alunos estão fora da escola porque pais insistem em pedir matrículas para escolas que já estão lotadas. Desde o fim do ano passado, sistema
de matrículas é alvo de críticas. Prefeitura diz ainda ter vagas em aberto para escolas em Palmas Divulgação/Prefeitura de Palmas A Prefeitura de Palmas informou nesta quinta-feira (13) que ainda tem mais de duas mil vagas abertas na rede municipal de educação. O balanço foi feito após as reclamações de pais que alegam ter dificuldades para matricular os filhos em escolas municipais. Segundo a Secretaria de Educação do Município, o problema é que os pais de alunos querem vagas em unidades específicas. "As crianças que ainda estão fora da sala de aula é devido aos pais/responsáveis insistirem em matricular seus filhos em uma unidade educacional que não dispõe mais de vagas", diz o texto divulgado pela prefeitura. O sistema de matrículas adotado pela gestão também foi defendido pela prefeitura. No começo do ano houve uma falha técnica e os cadastros de alguns estudantes chegaram a sumir. Depois, pais tiveram dificuldades para conseguir acesso as listas de aprovados. A prefeitura chegou a estender o prazo para a confirmação das matrículas após os transtornos. A secretária de educação, Cleizenir Divina dos Santos, disse que o sistema "é considerado um dos melhores do Brasil". Ela afirma que os casos de pais que não aceitarem matricular os filhos nas escolas indicadas pela prefeitura serão encaminhados para o Conselho Tutelar e que os responsáveis podem ser responsabilizados judicialmente. As tabelas de vagas disponíveis completas podem ser encontradas neste link. Segundo a nota da prefeitura, até esta quinta-feira, para o ensino fundamental as escolas com mais vagas era a Antônio Carlos Jobim (Arse 122), conta com 60 vagas. A Antônio Gonçalves de Carvalho Filho (Arso 111), com 54 vagas; Escola de Tempo Integral Vinícius de Moraes (Arse 72), com 89 vagas, ETI Luiz Gonzaga (Arno 61) com 115 vagas, e Maria Júlia Amorim (Aueny III), com 93 vagas. Já para o ensino infantil, os destaques são para o Cmei Pequeno Príncipe da (Arno 43), com 52 vagas, Cmei Sonho de Criança no setor Morada do Sol, 49 vagas, Cmei João e Maria (Arno 42), 52 vagas, e Pequeninos do Cerrado (Arse 132), com 58 vagas disponíveis. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree