-->

Mesmo após investimentos milionários, buracos em ruas de Palmas causam prejuízos e acidentes de trânsito

14 Fevereiro 2020

Em 2019 foram investidos quase R$ 10 milhões com asfalto, recapeamento e drenagens em mais de 45 mil m². Após investimento milionário, buracos em ruas de Palmas causam transtornos
e acidentes A grande quantidade de buracos nas ruas incomodam moradores de todas as regiões de Palmas. A situação, que exige habilidade dos motoristas, já deveria ter sido resolvida. Isso porque em 2019 a Prefeitura realizou um investimento milionário. (Veja o vídeo) Além de danificar os veículos, os buracos geram riscos de acidentes de trânsito. A assistente administrativo Isabel dos Santos teve o braço quebrado ao cair de motocicleta quando passou sobre um buraco em uma quadra no centro de Palmas. "O buraco estava coberto pela água e não tinha como desviar. Eu acabei caindo, a moto caiu por cima de mim e eu bati o ombro no chão", lembra. Em 2019 a Prefeitura de Palmas gastou quase R$ 10 milhões com asfalto, recapeamento e drenagens em mais de 45 mil m², mas o investimento não foi suficiente para quem anda pela cidade. Se os buracos geram transtornos para uns, várias pessoas convivem sem asfalto. A quadra 508 Sul não tem asfalto e muitas vias da região sul ainda são de terra. A Prefeitura tem um cronograma para a realização de serviços, mas nem sempre é seguido. O município informou que faria manutenção nas ruas da quadra 712 Sul nesta quinta-feira (13), mas até o final da tarde nenhum trabalho tinha sido feito. Na quadra 606 Sul o serviço estava previsto para ser feito na quarta-feira (12). Em média a pavimentação asfáltica dura cerca de 10 anos dentro das cidades. O engenheiro civil Fernando Moreno explica que quanto mais esburacada, mais caro e difícil para fazer a recuperação. "Palmas é uma cidade com 30 anos e em algumas vias aumentou o número de veículos sobre elas. Isso acarreta na geração de buracos, principalmente pelo estado de conservação. Deveria ter manutenções periódicas nessas vias", disse. Enquanto os buracos estão abertos, quem sofre com o problema busca se recuperar. "Vou ter que ficar parada por, no mínimo, 30 dias. Sem emprego, sem poder me locomover para lugar nenhum. Sem poder estar fazendo muitas coisas. E tudo isso devido a situação precária das nossas ruas", reclamou. O que diz a Prefeitura de Palmas Em nota, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos informou que tanto o local do acidente como os outros dois pontos mostrados na reportagem vão passar por manutenção. Nenhum prazo foi dado. Buracos espalhados em ruas causam prejuízos à comunidade Divulgação/TV Anhanguera Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree