-->

Criminosos deixam três feridos durante arrastão na região sul de Palmas

15 Fevereiro 2020

Testemunhas contaram que os assaltantes chegaram a atirar contra uma das vítimas, mas ele não foi atingido. Um deles precisou ir na própria moto para o hospital. Borracheiro foi
agredido com coronhadas durante o assalto Wilton Dias/TV Anhanguera Dois criminosos realizaram um arrastão em bairros da região sul de Palmas na tarde deste sábado (15). Os crimes teriam começado na TO-050, onde eles roubaram uma motocicleta branca. Logo depois, assaltaram um salão de beleza que fica na Rua Acre, no Jardim Aureny I, onde levaram dinheiro e celulares. Em seguida, a dupla entrou em uma construção para assaltar um pedreiro. Testemunhas disseram para a equipe da TV Anhanguera que os assaltantes chegaram a atirar contra a vítima, mas que o homem não foi atingido. Ele levou uma coronhada na cabeça e estava sangrando muito. Ainda de acordo com as testemunhas, por causa da demora do socorro, o pedreiro foi para a Unidade de Pronto Atendimento da região sul, em Taquaralto, sozinho e na própria motocicleta. Logo após o crime, os suspeitos abandonaram a motocicleta branca na Avenida Anápolis, no setor Santa Helena e pegaram outra moto de cor vermelha. Minutos depois eles tentaram assaltar uma borracharia e também agrediram dois homens que estava trabalhando no local com coronhadas. Eles fizeram curativos, mas não precisaram ser hospitalizados. Não havia dinheiro no local. As vítimas de roubos no salão de beleza e na borracharia foram até a delegacia de plantão registrar o caso. Todos eles disseram que os criminosos têm as mesmas características. "É uma humilhação, né. Porque a gente trabalhando para levar o pão pra casa e eles chegarem para fazer uma situação dessas. Enquanto eles estão soltos aí. Isso não é justo. Tem que ser punido. Enquanto a gente está trabalhando, eles roubando", disse um dos borracheiros, que não quis ser identificado. A Polícia Militar faz buscas na região sul de Palmas para tentar localizar os dois. Não há informações confirmadas sobre o estado de saúde do pedreiro. Ele tinha recebido cerca de R$ 900 pelo trabalho mais cedo e teve todo o dinheiro levado durante o assalto. Criminosos deixaram o pedreiro ferido durante o assalto Ana Paula Rehbein/TV Anhanguera Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree