-->

Empresas de pulverização suspeitas de causar acidente químico são alvo de buscas em Lagoa da Confusão

21 Fevereiro 2020

Ministério Público informou que moradores do setor Bandeirantes podem ter sido contaminados com agrotóxicos. Empresas utilizam aviões para pulverizar os produtos em lavouras. Caso foi registrado na cidade de
Lagoa da Confusão Divulgação A Polícia Civil realizou nesta sexta-feira (21) buscas em empresas que fazem pulverização aérea de agrotóxicos em Lagoa da Confusão, na região oeste do Tocantins. As buscas aconteceram em escritórios, pistas, hangares e aeródromos ligadas às empresas. A suspeita é de que elas sejam responsáveis por um acidente químico na cidade registrado em janeiro. De acordo com a investigação do Ministério Público Estadual e do Ministério Público do Trabalho, moradores do setor Bandeirantes, em Lagoa da Confusão, podem ter sido contaminados. Eles relataram sintomas como fortes dores de cabeça e falta de ar logo após as chuvas registradas na região entre os dias 8 e 9 de janeiro deste ano. O MPE informou que o Ibama também foi chamado porque existe a suspeita que o acidente tenha afetado a vegetação local. As empresas alvo da operação não tiveram os nomes divulgados, elas utilizam aviões para pulverizar agrotóxicos sobre plantações na cidade. O promotor de Justiça Francisco Brandes Júnior pediu autorização para a busca e apreensão de documentos, livros, sistemas de controle, relação de estoque, receituários, relatórios operacionais, guias de aplicação, cadastros técnicos dos responsáveis, embalagens de agrotóxicos, notas fiscais de aquisição de insumos e agrotóxicos, entre outros documentos. Ainda não foi informado o que foi de fato levado pelos policiais. Existe a suspeita de que os danos também podem ter sido registrados em outros municípios. O MPE informou que está com investigações do tipo em aberto nas cidades de Pium e Talismã, respectivamente nas regiões oeste e sul do estado. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Em breve novidade aqui!!!

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree