-->

Mulher é suspeita de embriagar menina de 12 anos e assistir enquanto namorado a estuprava

27 Março 2020

A suspeita foi madrasta da vítima, mas se separou do pai dela e começou um novo relacionamento. A criança estava ficando na casa dos dois enquanto o pai trabalhava
na zona rural. Caso foi em Araguatins, no norte do estado Reprodução/TV Anhanguera Um casal foi preso em Araguatins, no norte do estado, suspeito de estuprar uma menina de apenas 12 anos de idade. Segundo a investigação, a mulher foi madrasta da vítima há algum tempo a menina estava ficando na casa dela enquanto o pai biológico trabalhava na zona rural. Ela teria feito a menina ingerir bebida alcoólica e depois assistido enquanto o novo namorado estuprava a garota. Tanto a mulher quanto o novo companheiro têm 18 anos de idade, eles não tiveram os nomes divulgados. O crime foi descoberto porque a vítima contou para o pai o que tinha acontecido. Ele confrontou a ex-companheira, que tentou negar, mas logo depois fugiu da casa. O homem procurou a polícia e registrou a ocorrência. O delegado responsável pelo caso, Eduardo Morais Artiaga, disse que a Justiça decretou a prisão preventiva do casal. Eles foram localizados na tarde da quinta-feira (27), o homem estava no setor Vila Madalena e mulher foi localizada e presa no Assentamento Califórnia, na zona rural da cidade. Os dois vão responder por estupro de vulnerável. Ele aguarda a finalização do inquérito na Cadeia Pública de Araguatins e a ex-madrasta da menina está em uma cadeia feminina. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree