-->

Aulas na zona rural de Araguaína devem retornar na próxima semana

10 Julho 2020

O retorno será na modalidade semipresencial; as turmas serão divididas e revezarão nas aulas presenciais a cada semana. O retorno das atividades em todo o município está programado para
agosto. Aulas na zona rural serão retomadas a partir de segunda-feira (13) Marcos Sandes/Prefeitura de Araguaína As aulas nas escolas da zona rural de Araguaína serão retomadas na próxima segunda-feira (13). De acordo com a prefeitura, o retorno será na modalidade semipresencial. Isso significa que os alunos serão divididos em duas turmas, que se revezarão nas aulas presenciais a cada semana. Esse é o primeiro passo para o retorno das atividades em todo o município, que está programado para agosto. Araguaína é o primeiro município a anunciar o retorno das aulas, de forma escalonada. A cidade é a que tem o maior número de casos de Covid-19 no Tocantins. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, o município tinha 4.693 casos e 67 mortes ocasionados pelo novo coronavírus até esta quinta-feira (9). A medida da prefeitura de Araguaína difere do decreto estabelecido pelo governo do estado. As aulas presenciais na rede estadual devem voltar a partir do dia 3 de agosto, começando por metade das turmas da 3ª série do ensino médio. (Veja abaixo o cronograma) Os alunos de Araguaína usarão um material especial que foi elaborado para atividades em casa. Ao todo, são 495 alunos nas 13 escolas da zona rural. “Na primeira semana uma metade e na semana seguinte é a vez da outra metade, os que ficarem em casa terão tarefas impressas para responder”, explicou o superintendente da Educação, Railon Borges. O superintendente ainda relatou que o sistema garante a continuidade do trabalho do professor na grade curricular. “Sempre que uma turma retornar à aula presencial, haverá revisão e em seguida o professor já passará ao conteúdo novo, dessa forma o ritmo não é prejudicado”, disse. O secretário municipal da educação José da Guia explicou que todas as medidas sanitárias estão sendo tomadas para reduzir os riscos de contágio da Covid-19. “Todos os funcionários estão sendo testados para covid-19, entre professores, auxiliares de serviços gerais, motoristas, merendeiras e vigilantes”, afirmou. Além disso, segundo o município, as escolas seguirão o protocolo de segurança criado para o referido retorno, com distanciamento de 1,5 m entre as carteiras, uso de máscara por todos, não haverá recreio e os transportes serão desinfectados antes e após a cada embarque de alunos. Decreto estadual Na rede estadual, o governo do Tocantins estabeleceu um cronograma, mas o retorno das aulas de forma presencial está programado para o dia 3 de agosto. Os estudantes da 3ª série do ensino médio em todo o Tocantins voltaram a estudar no dia 29 de junho, com aulas virtuais. Eles vão continuar com atividades remotas até o dia 31 de julho. Conforme o calendário proposto, metade dos alunos destas turmas volta no dia 3 de agosto para as salas de aula e a outra metade fica em casa. Na semana seguinte, a partir de 10 de agosto, os alunos revezam. Já no dia 17, conforme o cronograma, 50% dos estudantes da 1ª e 2ª séries do ensino médio voltariam a estudar. Já no dia 24, voltaria a outra parte dos alunos matriculados nessas séries. No dia 31 de agosto, 50% dos alunos do ensino fundamental voltariam a ter aulas presenciais. Os demais voltariam no dia 9 de setembro. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree