-->

Conab indica queda na produção de soja e crescimento do milho nas lavouras do Tocantins

11 Junho 2019

Enquanto a soja teve redução de 6% no total de toneladas produzidas, o milho cresceu mais de 40% no ano. No balanço geral, produção de grãos deve superar a
safra anterior. Milho ganhou espaço nas lavouras do TocantinsJuliano Ribeiro/Seagro A Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) divulgou nesta terça-feira (11) o levantamento mais recente a respeito da safra de grãos 2018/2019 em todo o país. Os dados referentes ao Tocantins indicam que a produção de soja deve cair 6% com relação a safra anterior, mas que a queda será compensada pelo crescimento de outros grãos no estado. Pela projeção da Conab, o estado deve colher mais de 4,7 milhões de toneladas de grãos. O resultado é 3,7% superior ao do ciclo anterior, quando foram colhidas 4,5 milhões de toneladas. A área plantada acompanhou o crescimento e aumentou 3% entre uma safra e outra. Grãos em queda A soja, que mesmo com a queda ainda é o principal produto agrícola do estado, deve representar 2,9 milhões de toneladas. Resultado 6% menor que os mais de 3 milhões colhidos no ano anterior. O efeito foi semelhante na produção de arroz, cultivado principalmente no leste e no sul do estado. Este ano, devem ser colhidos 623 mil toneladas, 1,7% a menos que as 634 mil de 2017/2018. Grãos em alta A queda da soja e do arroz foi compensada principalmente pelo milho. O produto é cultivado em duas safras distintas e juntas elas vão gerar cerda de 1,1 milhão de toneladas. Salto de quase 49% em relação as 767 mil toneladas de 2017/2018. O feijão também teve crescimento expressivo, embora continue representando pouco no painel geral da produção do estado. Devem ser colhidas 40 mil toneladas do grão no estado, 24% a mais que as 32 mil toneladas do ciclo anterior. Situação semelhante a do sorgo, que deve gerar 59 mil toneladas, 43% a mais que as 41 mil da última safra. O maior crescimento percentual foi o do algodão. A safra de 7,5 mil toneladas de 2019 é 78% maior que as 4,2 mil toneladas do ano anterior. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree