DiCaprio rebate acusação de Bolsonaro sobre fogo na Amazônia

01 Dezembro 2019
DiCaprio elogiou o povo brasileiro Mario Anzuoni/Reuters

O ator Leonardo DiCaprio se pronunciou neste sábado (30) sobre as acusações de Jair Bolsonaro em relação a queimadas na Amazônia.

Nesta semana, Bolsonaro afirmou que DiCaprio financia ONGs responsáveis por "tacar fogo na Amazônia". DiCaprio negou o financiamento do WWF, mas elogiou a organização: "Embora dignas de apoio, não financiamos as organizações visadas", em tradução livre.

Em comunicado enviado à Reuters, o ator também elogiou "o povo do Brasil, que trabalha para salvar sua herança natural e cultural".

Sem provas

Sem apresentar provas, Bolsonaro ligou o ator às queimadas na floresta durante transmissão nas redes sociais, na quinta-feira (28). "Tira foto, manda para ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e ele doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia", afirmou.

As falas de Bolsonaro fazem referência à operação da Polícia Civil que prendeu na quarta-feira (26), quatro pessoas ligadas a ONGs que desenvolvem atividades em Alter do Chão, em Santarém, no Pará. Eles foram soltos na quinta-feira (28).

Uma conversa que envolve um diretor de uma ONG é considerada pela polícia como principal elemento que liga ambientalistas e brigadistas a incêndios. Nenhum elemento ligado a perícia, testemunhas ou imagens conclusivas é apresentado no documento que embasa o pedido deferido pela Justiça, ao qual o Estado teve acesso.

Para a Polícia Civil, parte dos recursos doado pelo WWF a ONGs teria sido desviada. O WWF negou a compra de fotos com recursos de doações de DiCaprio de organizações dos brigadistas investigados.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree