Grupo defende Alberto Fraga para eventual Ministério da Segurança

05 Junho 2020

/>

Bancada defende ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF) para Segurança Divulgação

O presidente da frente parlamentar de segurança, deputado federal Capitão Augusto (PL-SP), afirmou nesta quinta-feira (4) que o grupo defende o nome do ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF) para assumir o eventual Ministério da Segurança Pública.

A possível recriação do Ministério da Segurança Pública, desmembrando o atual Ministério da Justiça, foi aventada e confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última terça-feira (2). “Existe a possibilidade”, disse na ocasião.

"O Fraga tem um prestígio muito grande dentro da Câmara e do Senado e vamos precisar disso para aprovar vários projetos na área de segurança. Ele praticamente é uma unanimidade dentre as polícias do Brasil, é um homem de confiança do presidente, já que são amigos pessoais, presidente nunca escondeu isso", afirma.

Presidente da bancada da segurança, Augusto (PL-SP)
Presidente da bancada da segurança, Augusto (PL-SP) Reprodução/ Câmara dos Deputados

“Nossa proposta seria elevar a Secretaria Nacional de Segurança Pública ao status de ministério não incluindo a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e as penitenciárias federais. Nós entendemos que esses órgãos federais deveriam ficar juntos ao Ministério da Justiça e nosso trabalho seria mais de integração das 27 polícias militares, dos 25 corpos de bombeiros militares, das 27 polícias civis, das guardas municipais e dos agentes penitenciários estaduais”, defende Augusto.

Leia mais: Líder da bancada da bala fala em 'tristeza' com saída de Moro

O líder da bancada argumenta, ainda, que o ministério deveria ser criado antes da crise da segurança. “Eu particularmente acredito que esse problema na área de economia virá no mês de outubro ou novembro, mas nós não estipulamos qual seria o prazo para criação do Ministério da Segurança.  Todos nós esperamos que não ocorra (crise de segurança), mas infelizmente a história nos mostra que toda vez que existe um problema na área econômica, vem acompanhando um problema na área criminal”, disse.

Ministro da Secretaria-Geral e Subchefe para Assuntos Jurídicos da Presidência da República, Jorge de Oliveira Francisco recebeu os integrantes da bancada para uma reunião. "Com sugestões para a recriação do ministério, pauta que tem meu apoio e será levada ao ministro André Mendonça, que avaliará o modelo ideal e momento oportuno para encaminhar proposta ao presidente", disse Francisco em sua conta no Twitter.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree