American Airlines suspende todos os voos entre EUA e Brasil

15 Março 2020
Companhia cortará 75% dos voos internacionais EFE/EPA/MICHAEL REYNOLDS

A American Airlines vai suspender a partir dos próximos dias todos os voos que opera entre os Estados Unidos e Brasil até, pelo menos, o dia 6 de maio.

Os últimos voos para as cidades de Nova York, Dallas e Miami partem até a noite desta segunda-feira (16), a partir das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Manaus.

A expectativa é que a maioria das rotas seja retomada a partir de 6 de maio. No entanto, Dallas-São Paulo permanecerá suspensa até 3 de junho.

A companhia já havia anunciado também a suspensão da frequência entre Los Angeles e São Paulo, que começa a valer em 19 de março e prossegue até 25 de outubro.

A medida ocorre, segundo a American, como "uma resposta à redução demanda e mudanças nas restrições de viagem do governo dos EUA devido ao coronavírus".

A capacidade internacional da empresa será reduzida em 75% entre 16 de março e 6 de maio.

No site brasileiro da American Airlines, um comunicado aos clientes pediam que apenas entrassem em contato com a central de atendimento por telefone aqueles com viagem marcada para as próximas 72 horas. As linhas estavam congestionadas.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree