Merkel confirma a restrição parcial da vida pública na Alemanha

16 Março 2020
Merkel anunciou restrições de circulação 'por tempo indeterminado' Maja Hitij / Pool via EFE-EPA - 16.3.2020

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, confirmou nesta segunda-feira (16) a restrição parcial da vida pública "por tempo indeterminado" para impedir a propagação da pandemia do novo coronavírus.

A decisão, acordada pelo governo federal e pelos estados federados, muda "por tempo indeterminado nossa vida diária", com o objetivo de "evitar o contágio e desacelerar o avanço da covid-19", reconheceu.

VEJA TAMBÉM: Alemanha critica Trump por querer privilégio em vacina contra covid-19

A medida implica o fechamento de todas as instalações comerciais, exceto lojas de alimentos, farmácias e outros estabelecimentos que vendam produtos de primeira necessidade, bem como bancos, postos de gasolina, centros de saúde, cabeleireiros e lavanderias.

Viagens turísticas estão proibidas

A indústria hoteleira só poderá abrir entre às 6h (hora local) às 18h (hora local), enquanto os centros esportivos, culturais e religiosos, bem como a vida noturna e os bordéis devem ser fechados.

O fechamento foi decidido por acordo mútuo entre o governo de Merkel e os líderes dos 16 estados federados, que são competentes nessas questões.

Foi também imposta uma proibição temporária às viagens turísticas dentro e fora do país.

Na semana passada, o governo federal optou por "recomendar" o fechamento de escolas, creches e universidades.

O mesmo aconteceu com a recomendação feita alguns dias antes pelo Ministério da Saúde de cancelar todo tipo de reunião pública, seguida de forma unânime pelas administrações inferiores.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree