Cassinos e bares em Nevada são fechados por medo do coronavírus

18 Março 2020
Cassinos em Las Vegas ficarão fechados por um mês Pixabay

Cassinos, bares e restaurantes em Las Vegas e no resto de Nevada, nos Estados Unidos, deverão fechar as portas a partir desta quarta-feira (18) depois de uma ordem do governador Steve Sisolak para conter a epidemia de coronavírus.

A decisão pede que os cassinos e casas de apostas, que atraem milhares de turistas do mundo inteiro, fiquem fechados por 30 dias. Bares e restaurantes devem encerrar o expediente a partir do meio dia de hoje e só vão poder operar se for por delivery ou drive thru.

Hospitais, mercados e postos de gasolina vão continuar abertos.

Sisolak pediu para que as pessoas fiquem em casa e que ajudem a conter a epidemia do vírus, além de proteger os médicos que precisam tratar dos doentes.

Segundo o jornal Los Angeles Times, a decisão afeta um negócio próspero na região, as apostas chegam a gerar uma renda de US$ 6,6 bilhões, cerca de R$ 33 bilhões. O número de casos de coronavírus em Nevada chegou a 42 com uma morte confirmada.

A empresa Wynn Resorts disse que vai continuar pagando o salário integral dos funcionários durante o mês fora de operações. A Caesars Entertainment disse que todas as reservas entre 18 de março e 16 de abril serão reembolsadas automaticamente.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree