Portugal mantém voos para o Brasil, apesar de fronteiras da UE fechadas

17 Março 2020
Portugal tem 450 casos de coronavírus e está em estado de alerta Rafael Marchante / Reuters - 16.3.2020

O governo português decidiu estender o prazo para suspender voos para os países de língua portuguesa, incluindo o Brasil, apesar da decisão da União Europeia de fechar todas as fronteiras externas por conta da pandemia de coronavírus. Enquanto as viagens indo ou saindo dos países continentais europeus serão suspensas ainda nesta terça-feira (17), as companhias aéreas poderão realizar voos saindo de Portugal para as nações lusófonas até a meia-noite da quarta-feira.

No caso do Brasil, os vôos serão restritos a apenas duas rotas: Lisboa-Rio de Janeiro e Lisboa-São Paulo.

Outros quatro países com importantes comunidades portuguesas — Canadá, Estados Unidos, Venezuela e África do Sul — também foram incluídos nesta regra de exceção.

O acordo comunitário da UE permite que os Estados-Membros se adaptem com particularidades às decisões do bloco. O primeiro-ministro português, António Costa, informou que o país aplicará as exceções a todos os países lusófonos: Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique, Timor Leste e São Tomé e Príncipe .

Portugal tem 450 casos de covid-19

"É uma luta contra um vírus, mas é uma luta que devemos fazer com respeito aos nossos valores, senso de comunidade e dever de garantir uma conexão permanente com qualquer português, onde quer que ele esteja", afirmou Costa.

Na União Européia, Portugal já havia suspendido vôos com a Itália e a Espanha, os dois maiores focos do continente.

Portugal tem 450 infectados e um falecido. O país está em estado de alerta, com o fechamento de escolas e restrições aos estabelecimentos comerciais, embora o presidente Marcelo Rebelo tenha convocado uma reunião do Conselho de Estado amanhã, quarta-feira, para debater se decretará estado de emergência.

We use cookies to improve our website. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. For more information visit our Cookie policy. I accept cookies from this site. Agree